BOMBA: Revoltado, alagoano "Mancha" é o único a votar contra construção de uma Creche, em Diamante

Ao votar contra o Projeto, o parlamentar mirim foi vaiado por populares que estavam presentes na sessão.

(Vereador Adriano Santos)

Um voto contrário, com fundamentos que, segundo populares, não justificará para a população diamantense, e dezenas de pessoas revoltadas com a atitude do parlamentar mirim, por tentar impedir a aprovação do Projeto que pede a abertura de crédito suplementar para aquisição de um terreno, onde será construída uma Creche Modelo, na cidade de Diamante (PB).

De acordo com informações, o fato é que o Vereador natural de Murici-AL, Adriano Santos Bernardino, conhecido pelo apelido de “Mancha”, pode estar demonstrando sua revolta por ter sido expulso da base da Prefeita Carmelita de Odoniel, por estar praticando condutas jamais vistas na cidade, como, segundo testemunhas, abordagens a pessoas e empresas que prestam serviço para a Prefeitura, denuncias infundadas, além de gravações de vídeos supostamente planejados que sujam a imagem da atual gestão, e neste sábado, durante sessão que marcou o final do recesso parlamentar do primeiro semestre, ele sozinho, votou contra um projeto que trará maiores condições para a educação local, a construção de uma Creche Modelo, cujo investimento ultrapassará R$ 1 milhão de reais.

Ao votar contra o Projeto, o parlamentar mirim foi vaiado por populares que estavam presentes na sessão. Ele justificou que não tem ciência do projeto, mesmo sendo membro da comissão que aprovou o parecer pedindo que o mesmo fosse levado a votação. “Você não tem compromisso com o povo de Diamante, tanto que nem deu importância para o nosso parecer e hoje diz que desconhece”, pontuou o Vereador Coronel Fonseca, que preside a comissão.

Os vereadores de oposição com exceção de Mancha votaram a favor do Projeto, tanto que foram parabenizados pelos colegas da bancada de situação. “Todos nós sabemos da importância dessa creche para Diamante, somente este cidadão que não motivo em ter compromisso com o povo, votou contra”, disse o Vereador Edivan.

Durante a sessão que foi bem acalorada com fortes acusações, Edivan disse ainda, que Mancha em outro dia, falou para mais de seis pessoas, dentro da própria Câmara, que não deve ao povo de Diamante, pois “teria comprado todos os seus votos”.

O Vereador Manoel Marrocos, “Detinho”, também acusou o alagoano de ter produzido um vídeo aonde crianças falavam que na escola eles estavam sem merenda. “O vereador se aproveitou da fragilidade das crianças e o que ele perguntasse, ingênuos diriam a palavra sim”, acusou o colega.

Do início ao fim da sessão, o Vereador passou vexames ao ser rebatido dos assuntos por ele levantados.

Assista alguns trechos da sessão:

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.