Professores anunciam paralisação e cobram cumprimento das promessas feitas pelo governador

Assim como os compromissos estabelecidos na sua campanha eleitoral de 2014, em dobrar o vencimento do Magistério e a permanência das eleições diretas nas direções das escolas.

Os professores da rede estadual de ensino vão cruzar os braços no próximo dia 30.

A paralisação está sendo convocada pelo SINTEP-PB, que acusa o governo do Estado de não atender as reivindicações da categoria.

Até o momento, continuamos sem um Plano de Cargos, Carreira e Remuneração – PCCR, sem a dobra dos vencimentos, sem eleições diretas para as direções escolares, com a Terceirização gerenciando a educação pública do Estado da Paraíba e com várias escolas sem as mínimas condições de funcionamento, diz um documento divulgado pelo Sindicato.

Eles denunciam que o governador Ricardo Coutinho não cumpriu com as promessas feitas em 2015 de colocar em vigência o PCCR dos profissionais da Educação. Assim como os compromissos estabelecidos na sua campanha eleitoral de 2014, em dobrar o vencimento do Magistério e a permanência das eleições diretas nas direções das escolas.

Fonte Lenilson Guedes

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.