MP convoca policiais civis e militares da Paraíba a relatarem defeito em armas da marca Taurus

Apesar do governo ter adquirido novos coletes, eles ainda não foram entregues à categoria, colocando em risco a vida do policial, disse o vice-presidente da ASPOL/PB, Valdeci Feliciano.

O Núcleo de Controle Externo de Atividade Policial – NCAP – , órgão do Ministério Público da Paraíba, está convocando todos os policiais militares e civis da Paraíba para que compareçam ao NCAP, a fim de prestarem depoimento sobre defeitos apresentados por armamentos especificamente da marca Taurus, pertencentes ao Estado da Paraíba, e que estejam acautelados em seu nome, convoca portaria publicada pelo MP nesta quinta-feira.

A portaria é assinada pelo promotor de Justiça, membro do NCAP , Túlio César Fernandes Neves, e trata uma questão muito polêmica e que vendo objeto de comentários entre os policiais civis e militares da Paraíba, no tocante a possíveis defeitos apresentados por armas da marca Taurus, de propriedade do Governo do Estado da Paraíba.

Um oficial da ativa da polícia militar da Paraíba informou ao Blog que a iniciativa do Ministério Público é muito importante pois em alguns estados do país já foram feitas denúncias de falhas no armamento e os testes confirmaram os problemas. Não é justo nem correto você expor a vida dos policiais que estão em serviço e na hora que precisarem utilizar , a arma não funcione, comentou o oficial.

DEVOLUÇÃO DE COLETES VENCIDOS . – No início deste ano a Associação dos Policiais Civis da Paraíba convocou os policiais a entregarem centenas de coletes balísticos vencidos. A entidade, já havia alertado órgãos de fiscalização, a exemplo do Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Estadual da Paraíba, e a própria Secretaria de Defesa e Segurança Pública da Paraíba, sobre os problemas de coletes vencidos.

A ação dos policiais civis da Paraíba expôs a falta de respeito do Governo do Estado com quem trabalha na segurança do estado. Na última terça feira, dia 2, um grupo de policiais civis entregou coletes balísticos vencidos na Delegacia Seccional de Guarabira, com a presença inclusive da diretoria da Aspol – Associação dos Policiais Civis da Paraíba – . A atitude revela um novo tempo em que o servidor não deve temer, por mais perverso que seja o Governo, e também expõe o descaso do Poder Público que mantém policiais trabalhando com coletes vencidos há mais de 4 anos.

É inadmissível que um policial vá a uma operação com um equipamento que não garante a sua defesa e integridade. Apesar do governo ter adquirido novos coletes, eles ainda não foram entregues à categoria, colocando em risco a vida do policial, disse o vice-presidente da ASPOL/PB, Valdeci Feliciano.

Fonte marcelojose

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.