Em telefonema de Natal, Temer e FHC marcam encontro para discutir relação

O Planalto quer reforçar interlocução com o ex-presidente, que chamou o governo Temer de “pinguela”.

Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso conversaram rapidamente por telefone na véspera de Natal para trocar votos de boas-festas. O diálogo foi ameno, mas os dois combinaram de se encontrar pessoalmente nas primeiras semanas de janeiro para debater os desafios do ano na economia e, principalmente, a relação entre o PMDB e o PSDB.

Para integrantes do Planalto, essa conversa ajudaria a colocar de vez o ex-presidente no papel de “fiador” da aliança entre o governo Temer e os tucanos, com o objetivo de silenciar dissidentes tucanos que, ao longo dos últimos meses, chegaram a advogar pelo rompimento do partido com o peemedebista. Um mês antes dessa conversa por telefone, o próprio FHC havia comparado o governo Temer a uma “pinguela” – uma ponte frágil, improvisada.

“A conversa com o ex-presidente Fernando Henrique dá firmeza e certeza à aliança com o PSDB. O partido está convencido de que estaremos unidos daqui até a eleição de 2018”, diz um ministro.

Fonte Época

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.