Ricardo diz que deseja continuar no governo e alfineta a oposição: “Não administro em função das eleições

De acordo com o governador, o Poder Executivo estadual vem realizando uma série de benefícios na infraestrutura e nos campos educacional e hídrico que levam a Paraíba a um patamar diferenciado de outros estados

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a alfinetar adversário políticos que deixaram de fazer o correto para não ser penalizados nas urnas. “Fiz uma opção pela Paraíba e não administro em função das eleições de 2018”, disparou o governador ao manifestar seu desejo de permanecer à frente do Governo até 31 de dezembro do ano que vem.

Ricardo Coutinho declarou que prefere fazer o que é certo a ter medo de perder meia dúzia de votos no processo eleitoral de 2018.

Em entrevista na solenidade de apresentação do Projeto de Lei que prevê redução de impostos para micro e pequenas empresas, o governador falou de sua expectativa futura do estado: “A Paraíba vai se orgulhar de ser o melhor estado para se viver e para investir”.

De acordo com o governador, o Poder Executivo estadual vem realizando uma série de benefícios na infraestrutura e nos campos educacional e hídrico que levam a Paraíba a um patamar diferenciado de outros estados. “Qual o governador que tem condições de anunciar a construção de um hospital com especialidade em Cardiologia e Neurologia a não ser o da Paraíba, indagou Ricardo ao fazer referência sobre Hospital Metropolitano de Santa Rita que está em fase de conclusão.

O governador teme pelo futuro econômico do país: “Não vejo luz no fim do túnel”, disse, ao lamentar que a Paraíba deva perder R$ 200 milhões no repasse do Fundo de Participação do Estado (FPE) em 2018.

O valor, segundo Ricardo Coutinho, é em função da segunda etapa da repatriação de recursos.

Fonte clickpb

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.