Paraíba tem 18 açudes em situação crítica e 37 em observação após chuva

Na região do Sertão e do Cariri, o período de chuvas já passou. Então a ocorrência de chuvas fora desse período depende de outras variações, explica a meteorologista Marle Bandeira.

Levantamento feito com base nos últimos volumes registrados em mananciais da Paraíba mostra que o estado ainda está com 18 açudes em situação crítica e outros 37 em observação, mesmo após a passagem do período de chuvas. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), responsável pelo monitoramento dos açudes.


Segundo a Aesa, os 18 açudes que estão em situação crítica são aqueles que estão com menos de 5% da capacidade total. Dependendo do tamanho do açude, esse percentual pode indicar que a água já não está própria para o consumo. Já os 37 açudes que estão em observação são aqueles que estão com menos de 20% do volume total.

A Paraíba tem 127 açudes monitorados pela Aesa. Entre estes, apenas cinco estão sangrando, ou seja, com mais de 100% da capacidade. São os açudes Araçagy, em Mamanguape; Gramame; Olho Dágua, em Maru; Pitombeira, em Alagoa Grande; e o São Salvador, em Sapé.

De acordo com a Aesa, os períodos chuvosos da Paraíba ocorrem geralmente no primeiro semestre, dependendo da região. Na região do Sertão e do Cariri, o período de chuvas já passou. Então a ocorrência de chuvas fora desse período depende de outras variações, explica a meteorologista Marle Bandeira.

Fonte G1 PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.