Chico da Kazon comemora 14 anos de parceria com as FIP na abertura de mais uma Pós-Graduação

Os alunos assistiram à primeira aula do módulo sobre Direito Coletivo do Trabalho, que foi aplicada pelo especialista e professor, Klebert Marques.

O início de mais um Curso de Pós-Graduação, desta vez, em Direito do Trabalho e Direito Previdenciário, foi comemorado com grandes homenagens ao Itaporanguense Francisco De Assis Alves, fundador da Consultoria de Assistência, Serviços de Orientação e Mediação Educacional, (CASOME), que possui uma parceria de 14 anos com as Faculdades Integradas de Patos (FIP) na aplicação de cursos de pós-graduação lato sensu, no Vale do Piancó.

A solenidade de abertura do novo curso, aconteceu na manhã deste sábado (18), na Sede da Casome, local onde também funciona a Faculdade de Itaporanga (FacIta), na Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade.

Na oportunidade, mais de cinquenta pessoas participaram da abertura, entre eles estavam alunos e convidados especiais, a exemplo da Senhora Alana Candeia de Melo, coordenadora Acadêmica das FIPs e Secretaria Municipal de Educação da cidade de Patos, que também representou o Sr. João Leuson Palmeira, Reitor das FIP.

(Alana Candeia)

“Uma pessoa de grande perseverança, um empreendedor e visionário, cheio de qualidades que não encontramos facilmente por ai. A nossa parceria é consistente, resultado de muita dedicação e organização desse itaporanguense que tem uma história que se assemelha com a de João Leuson. Meus parabéns Chico, pelos 14 anos de resultados nessa parceria com as FIP”, disse Alana.

(Marcos Mangueira)

O professor de Matemática Marcos Mangueira, testemunhou sobre a sua trajetória profissional após ter concluído um Curso de Pós-Graduação na Casome, através do incentivo de Chico. “Hoje vivo outra realidade, as portas se abriram e encontrei um leque de oportunidades com essa aquisição na minha vida”, disse.

(André Gomes)

Para André Gomes, Coordenador do Curso de Direito das FIP, foi uma grande felicidade reencontrar seus alunos em mais uma etapa da vida acadêmica. Ele parabenizou a formação da turma de especialização, dizendo que é através da educação que será possível construir um mundo melhor. “Tenho certeza que esse curso irá contribuir na vida profissional de todos vocês. Para se ter uma idéia, temos uma reforma da previdência batendo em nossas portas, e nessa especialização, vamos tratar sobre esse assunto. Torço muito que esse curso seja de grande valia para todos vocês, pois, esse objetivo é algo construído pelas FIP em parceria com a Casome. Finalizo minhas palavras agradecendo a todos pela confiança e a credibilidade depositada nessa parceria que leva a nossa marca”.

Durante o evento, foram registradas as presenças de representantes de outras unidades educacionais existentes em Itaporanga, professores e colegas de Chico.

(Chico da Kazon)

Em seu discurso, Chico da Kazon agradeceu aos seus colegas, amigos e alunos que ali estavam presentes. Ele ainda contou um pouco da sua história e disse que ali estaria sendo mais um sonho realizado. “Esses cursos são algo tão importante, quanto a minha vida. Eu não viso a questão financeira com esses cursos de especialização, e sim um futuro melhor para a nossa região, pois, é daqui que saem os maiores profissionais que poderão contribuir com a nossa vida de igualdade social. Estou muito feliz nessa manhã, com tantas coisas boas acontecendo em minha vida. Eu sempre busquei oferecer os melhores cursos, com parcerias certas, como é a Casome e FIP. Obrigado de coração pela confiança de todos que estão aqui”, finalizou Chico.   

Os alunos assistiram à primeira aula do módulo sobre Direito Coletivo do Trabalho, que foi aplicada pelo especialista e professor, Klebert Marques.

As aulas acontecem quinzenalmente aos sábados, em dois turnos.

Leia a História de Chico da Kazon:

OS 14 ANOS DE PARCERIA DA CASOME-FACITA COM AS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS

O que é uma biografia se não uma narração oral, escrita ou visual dos fatos particulares das várias fases da vida de uma pessoa? O que é uma biografia se não a compreensão de uma vida, de uma trajetória e dos motivos que o conduziram a uma meta? O que é um biografia se não uma historia que emociona, que leva a reflexão e acima de tudo que torna-se espelho para uma sociedade?

Pois é, meus senhores e minhas senhoras, a biografiaque agora vos apresento tem como descritores as seguintes palavras:determinação, garra, luta e sucesso.

E ela começa a ser escrita em meados dos anos 60. Mais precisamente em 26 de Maio de 1964. Eu vos apresento FRANCISCO DE ASSIS ALVES. Nosso homenageado de hoje.

Filho de Maria de Fatima Alves,nascido na cidade de Itaporanga,sempre foi uma criança extrovertida, alegre, entusiasmada e de fácil socialização.

Estudou no Colégio Diocesano D. Joao da Mata, “Colégio de Padre Zé” onde encontrou na figura deste homem, grande motivação para estudar e ir atrás de seus sonhos. Lá pode construir grandes amizades que perduram ate hoje. Praticava com muito afinco o Vôlei Boll e Tênis de Mesa.

A energia que exalava dos seus poros não o deixavam quieto. Ele sentia a necessidade de interação, ação.

Querer o novo e vivenciá-lo em sua integra era, uma conduta cotidiana do Rapaz. Participou da Juventude Franciscana JUFRA, grupo de jovens da cidade, onde teve a oportunidade de atuar no teatro com a peça “Paixão de Cristo” contracenando, por anos o papel de Pedro.

Cursou o Ensino Médio na Escola Estadual Adalgisa Téodulo da Fonseca, e aos 14 anos conheceu Ana Paula (hoje sua esposa). Em 1982tornou-se DJ, o grande DJ da famosa boate: Morumbi.

A inquietude e a vontade de realizar sonhos, promover encontros, ajudar a melhorar a vida das pessoas, sempre esteve nas veias de Francisco. Ele sentia-se realizado quando podia contribuir com a felicidade de alguém, seja com uma palavra de motivação, um elogio, uma música.

Pois é, quantos casais desta cidade não se apaixonaram dançando ao som da música, diga-se de passagem, selecionada a dedo, pelo DJ “Chico”.
Os casais tinham trilha sonora especial, e Chico sabia muito bem o momento exatode trocar a discoteca, o forró, por aquela música lenta.A música que tantas vezes foi responsável pela reconciliação, perdão, pelo beijo.

Foi nesta fase da vida, que se apaixonou por Ana Paula. E uniram-se em matrimonio em 20 de Junho de 1987. Realizando o primeiro de seus grandes sonhos: O de construir uma família. Desta união vieram dois frutos: Felipe e Lays, filhos amados e preciosos, razão da luta diária deste homem.

Indo em busca da realização de mais um sonho, Francisco cursou Letras, na então Fundação Francisco Mascarenhas, na cidade de Patos. E após quatro árduos anos concluiu o curso em 1988. Realizando, assim o seu segundo sonho.

E não parou de estudar. Sabia que somente através do estudo, esforço e dedicação poderia alcançar seus objetivos. Fez curso de pós-graduação em Tecnologia Educacional, Língua, linguística e Literatura e Educação Ambiental.

Seu invejável currículo o introduziu na docência. Tornou-se um admirável e renomado professor. Sempre atento aos detalhes, aperfeição e organização. Suas aulas tornaram-se únicas, dinâmicas, interativas. Ele apresentava a língua portuguesa de uma forma poética, encantadora, conseguia cativar seus alunos, com seu entusiasmo, carisma e amor pelo que fazia.

E essa maneira particular de mediar conhecimentos se estendeu a Modalidade EAD. Quando a UAB ofereceu cursos a distancia, criando o Polo da Universidade Aberta do Brasil em Itaporanga, em 2007,Francisco foi o selecionado para ser Tutor Presencial do Curso de Letras das primeiras turmas da UFPB-virtual, o qual desempenhou brilhantemente seu papel na modalidade a distancia.

Cada passo, um aprendizado. Cada luta um êxito. Ser gestor da Escola Cidadã Integral Professor Francelino de Alencar Neves foi um grande desafio, e mais uma vez Francisco deixou sua marca naquela Instituição Educacional.

Pode-se dizer que duas personalidades marcaram sua vida. Dois grandes ícones foram responsáveis pelo grande Homem que Francisco se tornou. Influenciando de forma significativa e ensinando que quando se tem determinação e coragem, se vence.

O primeiro foi Monsenhor José Sinfrônio de Assis Filho, “Padre Zé”( in memoriam). Padre Zé, foi um baluarte da Educação desta região. Homem que instigou seu povo a trocar as armas por livros. Que oportunizou e construiu uma ponte chamada EDUCAÇÃO. Oferecendo um novo caminho, ele conseguiu tirar muitos do campo da ignorância e conduzi-los ao campo do conhecimento.

E segundo foi João Leuson Palmeira Gomes Alves. Homem visionário, desbravador. Que não mediu esforços em expandir a Educação Superior. Oportunizando o tão sonhado curso superior aqueles que não podiam se deslocar as grandes metrópoles. Homem integro, generoso, empreendedor.

Sua historia com João Leuson começou em 2001 quando idealizaram a extensão dos cursos de pós-graduação a Itaporanga. Eis que tem inicio uma nova historia para Chico, uma parceria que mudaria sua vida.

Dois anos depois, em 2003, pela primeira vez na cidade de Itaporanga, é oferecido curso de Pós-graduação em Psicopedagogia. Francisco consegue com toda sua influência e carisma, indo de porta em porta, forma duas turmas de Pós-graduação, composta por alunos de todo o vale do Piancó, no total de 115 alunos, onde 105 concluíram o curso.

E não parou por ai, no ano seguinte Francisco mais uma vez, ousou! E no segundo semestres de 2004 formou a primeira turma de Técnico em Enfermagem em parceria com a Escola de Ciência da Saúde de Patos ECISA, formando 04 turmas de Técnicos em Enfermagem no município de Itaporanga, com alunos de toda região do vale do Piancó.

Seu trabalho não hesitou em parar. A confiança depositada por seu grande idealizador e incentivador João Leuson o fortalecia cada vez mais.Então,prosseguiu com toda sua energia, pro-atividade e coragem. E em 2010 conseguiu formarmais duas turmas de pós-graduação:a primeira em Ciências Jurídicas com o curso de Direito Administrativo e Gestão Pública e segunda em Ciências da Saúde com o curso em Saúde Mental.

Mas, esse homem não se aquietava. Porque quem traz em si grandes sonhos, não consegue parar. Sua inquietação, suas potencialidades e seu entusiasmo o conduziram a mais uma conquista, e em 2014 mais um sonho se concretizava: Sua consultoria: A CASOME, Consultoria de Assistência, Serviços de Orientação e Mediação Educacional.

A CASOME foi responsável pelo projeto mais audacioso de Francisco, aquele que foi idealizado por toda uma vida: A FACITA, Faculdade de Itaporanga. Seu maior sonho.

A CASOME-FACITA estreia com o curso de Pós-graduação em Psicopedagogia, Curso Técnico em Enfermagem e Técnico em Radiologia Médica.

O Entusiasmo é a inspiração mais forte na vida de um homem. E este nunca faltou na vida de Francisco. Pessoa alegre, que não desiste, que não aceita derrota, que vibra com cada êxito, que se emociona com cada entrega de diploma aos alunos, que torce pelo sucesso do outro, acredita nas pessoas, enxerga potencialidades, incentiva sonhos e propõem parcerias. E Foi assim, que os que um dia foram alunos, voltaram na condição de docentes. Seus colaboradores de todo o Vale do piancó.

1. Marcos Fabiano Mangueira (Ibiara)
2. Francisco Raimundo da Silva (Itaporanga)
3. Jucivan Araujo (Itaporanga)
4. Josefa Naubia (Diamante)
5. Maria do Carmo Lima Bezerra (Itaporanga)
6. Rossane Keile (Itaporanga)
7. Isabel Karine Farias (Itaporanga)
8. Jaynilton Rodrigues (Itaporanga)
9. Josefa Cristina de Araújo (Itaporanga)
10. Clerya Alvino (Pedra Branca)
11. Jailma Alves (Itaporanga)
12. Devison Araujo (Itaporanga)
13. Yara Maysa Goncalves e Brito (Itaporanga)
14. Bruno Malaquias (Itaporanga)
15. Francisco Figueiredo de Alexandria Junior (Itaporanga)
16. Ana Ivani Pinto (Itaporanga)
17. Euclismária Alves e Carvalho (Itaporanga)
18. Eulália Bezerra Araújo (Igaracy)
19. Dayana Serafim Luis (Nova Olinda)
20. Luênia Martins (Itaporanga)
21. Tiago Gomes Araújo (Itaporanga)
22. Maria Adélia Clementino Leite (Pedra Branca)
23. Paulo Cesar Rodrigues da Silva (Ibiara)
24. Camilo Farias (Itaporanga)

São esses profissionais que abrilhantam esse trabalho. Eles não são somente colaboradores, são amigos de Francisco.

A Francisco de Assis Alves, todo o reconhecimento, agradecimento e respeito. Pelas inúmeras contribuições a região do Vale do Piancó.

Pela oportunidade oferecida a cada professor, que saiu como aluno e foi convidado a retornar como docente; pelos mais de mil pós-graduados, que ao longo desses 14 anos, cresceram na sua profissão, melhoraram seu currículo, foram aprovados EM concursos públicos e hoje tem uma nova vida, graças a suaformação acadêmica.

CHICO: A sua força e fé sãoresponsáveis por tudo, que estamos vivendo hoje aqui!

E a Sua historia merece ser respeitada e compartilhada.

PARABÉNS!!!

 

 

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.