Juízas de Itaporanga são promovidas e uma delas irá para a Comarca de Santana dos Garrotes

O desembargador Romero Marcelo discursou para os novos titulares e, emocionado, pediu para que eles não desistissem de lutar pela magistratura.

Em sessão extraordinária administrativa realizada nesta segunda-feira (19), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba aprovou, por unanimidade, a promoção de 27 juízes substitutos, que passarão a ser titulares de 1ª Entrância. Os magistrados preencheram os requisitos e foram considerados aptos para a promoção.

Foram promovidos para a 1ª Entrância, pelo critério de antiguidade, os juízes: Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho, Natan Figueiredo Oliveira, Fábio Brito de Faria, Brunna Melgaço Alves, Mathews Francisco Rodrigues de Souza do Amaral, Kleyber Thiago Trovão Eulálio  que irá para a Comarca de Coremas, Pedro Henrique de Araújo Rangel, Rodrigo Augusto Gomes Vital da Costa, Agílio Tomaz Marques, Francisca Brena Camelo Brito de Itaporanga que irá para a Comarca de Santana dos Garrotes, Hyanara Torres Tavares de Souza, Caroline Silvestrini de Campos Rocha, Lessandra Nara Torres Silva também de Itaporanga e Maria Eduarda Borges Araújo.

Agora, eles passam a ser titulares das seguintes comarcas, respectivamente: Pocinhos, Malta, Araçagi, Barra de Santa Rosa, Boqueirão, Coremas, Paulista, Taperoá, São José de Piranhas, Santana dos Garrotes, Soledade, Uiraúna, Mari e Alagoinha.

Pelo critério de merecimento, foram promovidos os juízes Renato Levi Dantas Jales, Vinicius Silva Coelho, Ana Flávia Jordão Ramos Fornarazi, Odilson de Moraes, Janete Oliveira Ferreira Rangel, Nilson Dias de Assis Neto, José Emanuel da Silva e Sousa, Fernanda de Araújo Paz, Ricardo Henriques Pereira Amorim, Bruno Medrado dos Santos, João Lucas Souto Gil Messias, Diego Garcia Oliveira e Mayuce Santos Macedo.

Esses 13 juízes serão titulares, respectivamente, das comarcas de Brejo do Cruz, Água Branca, Arara, Bonito de Santa Fé, Cacimba de Dentro, Juazeirinho, Prata, São Bento, São Mamede, Serra Branca, Sumé, Cabaceiras e Serraria.

Segundo o corregedor-geral de Justiça da Paraíba, desembargador José Aurélio da Cruz, vários requisitos foram avaliados como a moradia, a produtividade em termos de sentença, audiências realizadas e decisões interlocutórias. “Além das informações colhidas pela Corregedoria em visitas, correições e análises, também recebemos dados da Diretoria de Gestão Estratégica do Tribunal. Inclusive, trouxemos para os desembargadores o resultado comparativo de todos os juízes concorrentes”, comentou o corregedor.

A presidente da AMPB reforçou o relatório da Corregedoria, afirmando que todos os magistrados preencheram os requisitos para serem promovidos. Para ela, a sessão extraordinária realizada com o intuito de agilizar as promoções beneficiará, principalmente, a população. “Essas promoções irão prover varas que ainda não estão ocupadas e vão possibilitar que os juízes se fixem nessas unidades e possam realizar um trabalho planejado e programado ao longo do tempo”, avaliou Aparecida Gadelha.

Os desembargadores parabenizaram os juízes pela promoção, elogiaram a atuação deles e desejaram sucesso. O presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira Filho pontuou que essa é uma forma de ampliar e dar maior celeridade à prestação jurisdicional.

A desembargadora Fátima Bezerra disse que acompanha o grupo desde o Curso para Magistrados na Escola Superior da Magistratura da Paraíba, quando, à época, era diretora, e afirmou que eles são muito empenhados, éticos, e têm sentimento de justiça. O desembargador Romero Marcelo discursou para os novos titulares e, emocionado, pediu para que eles não desistissem de lutar pela magistratura.

Para o juiz Fábio Brito de Faria, promovido para a Comarca de Araçagi, a responsabilidade é ainda maior. “Estamos há um ano nas comarcas com uma boa produtividade, com as Metas do Conselho Nacional de Justiça sendo atendidas, e, mais do que isso, com atendimento à população. Os jurisdicionados terão, permanentemente vinculado, um juiz à comarca.

Compareceram à sessão, ainda, alguns juízes concorrentes à promoção: Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho, Mathews Francisco Rodrigues de Souza do Amaral, Nilson Dias de Assis Neto, Pedro Henrique de Araújo Rangel e Bruno Medrado dos Santos.

Voto de Pesar – Ainda na sessão, o Pleno aprovou Voto de Profundo Pesar pelo falecimento do desembargador aposentado Amauri Ribeiro de Barros, que faleceu na noite de sábado e foi sepultado ontem na Capital. A propositura, lida pelo desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, foi do desembargador João Benedito da Silva.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.