Carrefour é co-autor no caso da cadelinha morta a pauladas. Veja!

O segurança de empresa terceirizada do Carrefour teria envenenado a cadelinha

Em entrevista coletiva o delegado Bruno Lima do PSL SP que está cuidando do caso da cadelinha morta a pauladas, informou que colheu depoimento de testemunhas no Carrefour de Osasco e já estão seguindo uma linha de investigação que consiste em vários responsáveis pela crueldade. Assista o vídeo abaixo com a entrevista coletiva.

Segundo as testemunhas, a gerência do Carrefour determinou a retirada da cadelinha que estava sendo alimentada e cuidada por alguns funcionários, sem oferecer qualquer risco a nenhum cliente, apenas lutando pela própria sobrevivência e contra o abandono.

O segurança de empresa terceirizada do Carrefour teria envenenado a cadelinha, como o animal não veio a óbito de modo imediato, ele pegou uma vassoura e golpeou o animal várias vezes causando hemorragia interna grave.

Houve uma versão apresentada pelo Carrefour que a cadelinha havia sido atropelada, porém não houve qualquer comprovação.

O caso é muito pior do que foi divulgado, pois a ordem partiu da gerência do Carrefour, neste caso o Carrefour deve responder como co-autor desse crime bárbaro.

Fonte Blog Ronaldo Cunha

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.