Drª Paula entra com representação de decoro parlamentar contra o deputado Júnior Araújo

“Sem argumentos para o debate, o deputado revelou seu lado machista e preconceituoso conta as mulheres, ao utilizar suas redes sociais para me atingir com mensagens indecorosas”, declarou a deputada.

A deputada Drª Paula Francinete (PP) levou à tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba e ao conhecimento dos colegas parlamentares as agressões recebidas, por meio digital, por parte do deputado Júnior Araújo (Avante), fato que a levou entrar com uma ação cível e penal por danos morais contra o colega. No âmbito da ALPB, Drª Paula entrou com uma representação de Decoro Parlamentar.

“Sem argumentos para o debate, o deputado revelou seu lado machista e preconceituoso conta as mulheres, ao utilizar suas redes sociais para me atingir com mensagens indecorosas”, declarou a deputada.

De acordo com Drª Paula, além da questão pessoal, com mensagens eivadas de palavras de baixo nível, o deputado Araújo também tentou, mas sem sucesso, “desqualificar” o trabalho dela quando então secretária de saúde do município de Cajazeiras. “Esse deputado não sabe lidar om as adversidades. Como vice-prefeito da cidade de Cajazeiras foi inoperante, sem se envolver com os problemas da saúde, educação, desemprego e segurança”, afirmou.

Drª Paula disse que lhe causa tristeza trazer à tona o que classificou de anacronismo do preconceito, o machismo e descriminação contra mulheres, atos revelados na atitude do deputado, ao tentar difamar as mulheres, por falta de decoro, desconhecendo a história e a luta das mesmas por seus direitos.

“Na verdade, ele quer justificar a sua apatia, que, sem esforço, passou quatro anos numa vice, de forma medíocre, que se sente no direito de criticar, de forma pessoal e baixa, uma mulher que pautou a sua vida ajudando os mais pobres e humildes”, finalizou Drª Paula.

Fonte Radar sertanejo

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.