Ex-presidente da Câmara Severino Cavalcanti morre aos 89 anos

Ainda não há informações sobre a causa da morte do ex-deputado. Governador de Pernambuco lamentou a morte do ex-deputado federal

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti morreu nesta quarta-feira (15) aos 89 anos.

Ainda não há informações sobre a causa da morte do ex-deputado.

Cavalcanti assumiu o primeiro cargo público em 1964, como prefeito de João Alfredo, cidade em Pernambuco. Em 1967, foi eleito deputado estadual, cargo que ocupou durante 28 anos.

Em 1995, Cavalcanti ocupou uma cadeira como deputado federal por Pernambuco e, em fevereiro de 2005, foi eleito presidente da Câmara dos Deputados. Em setembro do mesmo ano, pediu renúncia ao cargo de deputado, deixando também a presidência da Casa.


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, lamentou a morte de Cavalcanti. Em nota, afirmou que o ex-deputado deixar "uma lacuna na política de Pernambuco".

"A morte do ex-deputado Severino Cavalcanti deixa uma lacuna na política de Pernambuco. Detentor de sete mandatos na Assembleia Legislativa, três na Câmara Federal, inclusive com passagem pela Presidência, e com duas gestões na prefeitura da sua cidade, João Alfredo, Severino teve uma trajetória de muito trabalho. Neste momento de profundo pesar, quero me solidarizar com sua esposa, dona Amélia, seus filhos Zé Maurício, Ana e Catharina, demais familiares e amigos".

No Twitter, o senador Fernando Bezerra (MDB) lamentou a morte de Cavalcanti. "Com tristeza, nos despedimos de Severino Cavalcanti. Ex-prefeito e ex-deputado federal, Severino foi presidente da Câmara dos Deputados e deixa sua marca na história do município de João Alfredo e na política de Pernambuco. Meus sentimentos a todos os familiares e amigos. Que Deus possa confortar seus corações", escreveu.

Fonte Noticias r7

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.