Juíza proíbe verso de jingle que se refere a candidato como ”ficha suja” em Itaporanga

Medida foi imposta sob pena de multa para dia de manutenção.

A juíza Francisca Brena Camelo Brito proibiu os candidatos a prefeito e vice-prefeito de Itaporanga, no Sertão da Paraíba, Paulo Robson Pinto da Silva (Paulinho de Zié) e José Armando de Melo e Silva Rodrigues (Zé Armando), respectivamente, de reproduzirem um verso de jingle de campanha que se refere ao candidato Divaldo Dantas como ”ficha suja”.

A proibição se estende a toda a coligação ”Coragem e competência para mudar” (Cidadania, MDB, Pros, PSC, Patriota e PCdoB), da qual os candidatos fazem parte. De acordo com a decisão, o trecho do jingle deve ser retirado das redes sociais em 24 horas, sob pena de multa de R$ 5 mil para cada manutenção/veiculação.

O pedido foi feito pela coligação ”Unidos por Itaporanga” (DEM, PP e Avante), da qual faz parte Divaldo Dantas, candidato a reeleição de prefeito da cidade. Os advogados da coligação afirmaram que o jingle era ofensivo a honra do candidato e deveria ser retirado do ar. A juíza deferiu o pedido em parte, determinando a retirada apenas do versos específico em que Divaldo Dantas é chamado de ”ficha suja”.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.