Polícia de Pernambuco acredita que ex-marido possa ter assassinado policial paraibana

Aline Araújo era de Pombal, no Sertão da Paraíba, tinha 31 anos e deixa uma filha de cinco anos. Ela foi encontrada morta dentro de casa, em Tuparetama, nessa terça-feira (11).

A principal suspeita na investigação da morte da policial militar de Pernambuco, a paraibana Aline Araújo, é de feminicídio praticado pelo ex-marido dela, possivelmente inconformado com a separação. A mulher natural de Pombal, que trabalhava na PMPE, foi encontrada morta dentro de casa, em Tuparetama, Sertão do estado vizinho, nessa terça-feira (11).

Ela tinha dois tiros na cabeça e a arma e o celular foram levados. Mesmo com o sumiço dos objetos, a Polícia Militar disse através de nota da assessoria de comunicação que praticamente está descartada a hipótese de latrocínio, acreditando-se, então, em crime passional. O delegado Allison Nunes Eulâmpio comanda as investigações do caso.

Fonte Lucas Isídio

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.