Apenas cinco cidades atingem meta de vacinação na Paraíba

Outros 55 municípios (24,66%) estão abaixo dos 49,99% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde

Mesmo com o ‘Dia D’ de vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite realizado no último sábado (18), ainda são poucas as cidades paraibanas que atingiram a meta de pessoas imunizadas. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), dos 223 municípios, apenas 5 (2,24%) já atingiram a meta preconizada de pelo menos 95% da cobertura vacinal (Zabelê, Cajazeirinhas, Gurjão, Duas Estradas e Maturéia). A campanha segue até o dia 31 de agosto.

Outros 55 municípios (24,66%) estão abaixo dos 49,99% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, 163 (73,09%) estão com cobertura entre 50 e 94,99% e um (0,44%), Vieirópolis, não possui registro de doses aplicadas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações.

A alimentação do sistema de informação em campanhas de vacinação deve ser feita diariamente. O acompanhamento da cobertura é em tempo real. Alertamos os gestores de saúde para que intensifiquem esta ação em seus municípios. A gente vê que os pais estão procurando as unidades de saúde, mas o sistema não está refletindo essa realidade por causa da falta de rotina na inserção dos dados, pontuou Isiane.

Aumento de 23%

Apesar disso, após a ação de sábado, o ‘Dia D’, possibilitou um aumento de aproximadamente 23% na cobertura vacinal estadual. A idade que apresenta uma maior cobertura vacinal na Paraíba para ambas as vacinas é a de 3 anos, coincidindo com a faixa etária com maior cobertura no cenário nacional, com cobertura de 52,54% (Pólio) e 52,77% (Sarampo).

A partir das doses registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (PNI), no Brasil foram aplicadas 42,50% das doses distribuídas da vacina contra Poliomielite e 50,55% da vacina contra o Sarampo.

De acordo com a análise das coberturas vacinais por Gerência Regional de Saúde (GRS), a 1ª GRS apresenta a maior cobertura para as duas vacinas (78,26% para Pólio e 76,32% para Sarampo). A menor cobertura para ambas as vacinas está na 8ª GRS com 50,21% para Pólio e 50,19% para Sarampo.

Vale lembrar que a SES já fez a distribuição de 100% dos imunobiológicos para atender o público-alvo com a vacina contra Poliomielite e Sarampo, reforçou a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.

No mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), vários casos de sarampo têm sido registrados nos últimos anos, sendo os países dos continentes europeu e africano com maior número de registros de casos. O intenso movimento migratório, ocasionado pela situação sociopolítica na Venezuela contribuiu para a propagação do vírus para outras áreas geográficas, incluindo o Brasil.

A SES intensifica o alerta sobre a importância da Campanha Nacional em virtude dos surtos de sarampo que estão ocorrendo nos estados de Roraima, Manaus, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rondônia, Pará e Amazonas. Além disso, dois estados do Nordeste (Pernambuco e Sergipe) confirmaram casos importados de Sarampo na última semana (fase de atualização no âmbito nacional).

“Dessa forma, salientamos a importância da oferta de vacinas em todas as salas de vacinação do Estado com a prioridade para o público alvo da campanha e população até 49 anos que estão com viagem para os estados fora do Nordeste com casos confirmados de Sarampo”, alertou Isiane Queiroga.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda e extremamente contagiosa, muito comum na infância. Todo usuário que apresente, independente da idade e da situação vacinal, febre e exantema maculopapular, acompanhados de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem ao exterior nos últimos 30 dias ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou ao exterior, o serviço de saúde deverá notificar em até 24 horas (Portaria MS Nº 204/16) e iniciar a investigação.

Fonte Secom-PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.