Polícia prende grupo suspeito de roubar R$ 500 mil em joias no Sertão

Os cinco suspeitos foram presos em residências da cidade e em sítios da zona rural do município. Com eles, a polícia encontrou diversas joias, que acredita serem produtos dos roubos.

Cinco suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em arrombar joalherias foram presos em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, na manhã desta quinta-feira (13). A Operação Ouro Fino, da Polícia Civil, cumpriu cinco mandados de prisão e de busca e apreensão. De acordo com o delegado Sylvio Rabello, o grupo é suspeito de roubar cerca de R$ 500 mil em joias de duas joalherias localizadas no Centro da cidade.

Segundo o delegado, os suspeitos eram vigilantes dos estabelecimentos, contratados de uma rede de segurança privada, e colaboravam nas ações criminosas.

O delegado informou que os crimes aconteceram a cerca de três meses e, após investigações, a polícia descobriu que os vigilantes eram integrantes da quadrilha e facilitavam as ações durante a madrugada. Eles ajudavam o grupo a entrar nos locais e colaboravam com a fuga dos criminosos.

Os cinco suspeitos foram presos em residências da cidade e em sítios da zona rural do município. Com eles, a polícia encontrou diversas joias, que acredita serem produtos dos roubos.

Na manhã desta quinta-feira (13), a polícia informou que os suspeitos foram conduzidos para a 18ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, onde permanecem detidos. Eles serão ouvidos e depois encaminhados para o Presídio Manoel Gomes da Silva, em Catolé do Rocha.

Fonte G1 PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.