Claudia Leitte terá de pagar R$ 388 mil em direitos trabalhistas

Nesse período, ele participava de uma média de 11 apresentações por mês, recebendo entre 800 reais e 1.200 reais por show. No Carnaval, esse cachê era triplicado.

A cantora Claudia Leitte e a produtora que gerencia sua carreira, a Ciel Empreendimentos, foram obrigados a reconhecer o vínculo empregatício de um colaborador que trabalhou com ela por quase cinco anos.


O Tribunal Regional do Trabalho (TR) da 5ª Região, em Salvador, condenou a artista a pagar 388.660 reais de direitos trabalhistas a um ex-guitarrista que teve o nome preservado.


Em abril, o juiz Adriano Bezzerra Costa levou em conta testemunhas do músico, constatando que ele integrou a banda de Claudia entre 15 de agosto de 2009 a 15 de março de 2014. Nesse período, ele participava de uma média de 11 apresentações por mês, recebendo entre 800 reais e 1.200 reais por show. No Carnaval, esse cachê era triplicado.

Fonte Mais PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.