TCE-PB imputa débito de R$ 168 mil a ex-presidente da câmara municipal de Pilões

Além do ressarcimento aos cofres públicos, vereador deverá pagar multa de R$ 5 mil.

 O Tribunal de Contas do Estado (TCE) da Paraíba, em reunião nesta quarta-feira (14), considerou irregulares as contas da câmara municipal de Pilões em 2016, sob a gestão do vereador Edilson Mendes da Silva. O G1 tentou entrar em contato com a assessoria do ex-vereador, mas não obteve resposta.

Na decisão, o tribunal aponta que durante a gestão do ex-presidente da Câmara de Vereadores houve despesas com o pessoal acima do limite legal, elevado saldo em caixa, não pagamento de contribuições previdenciárias e saldo fictício no montante de R$ 168.607.

O pleno do TCE-PB ainda emitiu parecer favorável às prestações de contas dos municípios que faziam parte de processos remanescentes da sessão anterior: Logradouro (2015), Aguiar (2016), Boa Vista (2016) e Araçagi. Também favoráveis foram a aprovação das contas do município de Juarez Távora (2014), na gestão da prefeita Maria Ana Farias dos Santos; ao município de Pilar (2016), Duas Estradas (2016), Serraria (2016) e Taperoá (2013).

Fonte G1 PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.