Inquérito vai apurar envolvimento de dois ex-deputados paraibanos

O ´caixa 2´ teria movimentado pelo menos R$ 30 milhões com essa finalidade.

Foi destravado no Supremo Tribunal Federal a investigação que diz respeito à compra de votos para assegurar a eleição do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) à presidência da Câmara Federal, no começo de 2015.
O ´caixa 2´ teria movimentado pelo menos R$ 30 milhões com essa finalidade.

Além de Cunha, 17 outros parlamentares da referida legislatura serão investigados em inquérito, entre os quais os paraibanos Manoel Júnior (atual vice-prefeito de João Pessoa) e Vital do Rêgo Filho (atual ministro do Tribunal de Contas da União).

Fonte Paraiba Debate

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.