Compra de respiradores para o NE é retida nos EUA

Carga ficou retida o aeroporto de Miami (EUA), onde já estava aguardando conexão para ser transportada para o Brasil.

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, lamentou nesta sexta-feira (3) que a compra de 680 respiradores para estados do Nordeste foi frustrada.

A carga ficou retida no aeroporto de Miami (EUA), onde já estava aguardando conexão para ser transportada para o Brasil. A carga de respiradores está avaliada em R$ 42 milhões.

Mandetta enfatizou que o momento “continua difícil em termos de abastecimento” de equipamentos de proteção individual (EPIs).

Durante a semana, Mandetta disse que o Brasil tem assinado contratos de compras de equipamentos com empresas da China. No entanto, segundo o ministro, há uma demanda muito grande em todo o mundo por material de combate ao coronavírus, o que pode dificultar a entrega por parte dos chineses (responsáveis por grande parte da produção mundial).

No início da crise no Brasil, um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, deputado federal Eduardo Bolsonaro, gerou uma crise com o consulado chinês.

Ontem, Henrique Mandetta foi criticado pelo presidente Jair Bolsonaro devido a sua condução técnica na crise da pandemia. Hoje, ele apareceu em pesquisas com avaliações bem melhores que as do seu chefe e presidente.

 

Fonte MaisPB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.