Paraíba recebe programa de incentivo à reciclagem

A intenção é estender a iniciativa para outras empresas.

A Paraíba recebe a partir desta terça-feira (15) o projeto ‘SustentaMundoBr – Parahyba’, com programa de coleta seletiva em condomínios da cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa.

O propósito do programa é transformar a realidade da coleta seletiva e da destinação de materiais recicláveis. Com a chegada do projeto à Paraíba, a intenção é estender a iniciativa para outras empresas e criar uma grande rede de práticas sustentáveis que gere trabalho e renda, além de contribuir para uma melhor qualidade de vida da população.

“Atualmente precisamos de 1,6 planeta para suprir toda a nossa demanda de consumo. É como se a Terra estivesse no “cheque especial” e precisasse acionar a “reserva” planetária que seria destinada à população futura para suprir a demanda atual. Portanto, é nossa responsabilidade pensar nas próximas gerações e imediatamente começar a agir”, comenta Eleine Bélaváry, uma das lideranças do programa.

Como vai funcionar
O programa ‘SustentaMundoBr – Parahyba’ parte de um minucioso diagnóstico da realidade local, etapa que em Cabedelo já foi concluída. A partir dele é possível estabelecer os processos para que a destinação correta dos recicláveis possa chegar a um centro de triagem operado por cooperativas ou empresas especializadas que comercialização o material de forma a gerar trabalho e renda para catadores e suas famílias.

O ciclo inicia-se por meio de arranjos com condomínios residenciais, empresas, escolas e a sociedade em geral, e atividades educacionais, culturais e de mobilização para que tudo funcione de forma organizada, sustentável e virtuosa, onde todos se beneficiam.

O lançamento do programa acontece nesta terça (15), às 17h, seguido de coletiva de imprensa na Maple Bear João Pessoa. O evento será transmitido ao vivo pelas redes sociais.

Serviço:
Evento: Lançamento do programa ‘SustentaMundoBr – Parahyba’
Data: 15 de setembro
Horário: 17h
Local: Maple Bear João Pessoa, localizada na Av. Fernando Luiz Henriques dos Santos, 1987 – Jardim Oceania.
Instagram: @sustentamundobr
Números
Os dados mais recentes sobre a produção de lixo no Brasil mostram que o país gerou 79 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos (RSU), segundo o ‘Panorama dos Resíduos Sólidos 2018/2019’ da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Apesar de 92% (72,7 milhões) terem sido coletados, 6,3 milhões de toneladas de resíduos não foram recolhidas junto aos locais de geração.

Os números reforçam que, passados dez anos da promulgação da lei que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em agosto de 2010, o Brasil ainda não avançou tudo o que precisava em relação às ações previstas para a destinação do lixo.

Fonte Portal Correio

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.