Imprensa estadual repercute festa encerrada por força policial em sítio do prefeito de Itaporanga

No momento que a polícia chegou ao local do evento, já havia o registro de Covid-19.

(Na foto vazada, prefeito conversa com policiais)

O prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas (DEM), está sendo acusado de ter descumprido o próprio decreto de isolamento, promovendo uma “festinha” numa área de lazer de sua propriedade, próximo à cidade. O fato foi registrado na tarde do sábado (02).

No momento que a polícia chegou ao local do evento, a Secretaria Municipal de Saúde já havia comunicado publicamente o primeiro registro de Covid-19 no município. 

Como teve aglomeração de pessoas, a Polícia Militar foi acionada e teve que se deslocar até o local para encerrar o evento. A denúncia é de um vereador. “O que o prefeito exige, ele não cumpre. Já o comércio não pode abrir. Ninguém pode trabalhar porque a doença está espalhando. A atitude do prefeito acontece no mesmo em que sua secretária da saúde confirma um caso de covid-19 no município. O prefeito deve explicações sobre isso”, declarou o parlamentar.

(Imagem registrada pela Polícia Militar - Conteúdo exclusivo do DOL)

No decreto 172/20, publicado pelo prefeito, em seu artigo 2ª, diz que que “bares, áreas de lazer, clubes aquáticos, balneários, similares e afins”, deverão manter fechado o acesso ao público.

Itaporanga voltou desde essa segunda-feira (4) a restringir o funcionamento do comércio, continua fazendo barreiras sanitárias e proibindo festas, eventos, cultos e missas, além de proibição de qualquer tipo de aglomeração.

Todas essas medidas são tomadas para evitar a proliferação do novo coronavírus.

O assunto foi repercutido por uma grande quantidade de portais e rádios do estado da Paraíba.

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.