Município do Vale está entre os cinco mais bem avaliados da Paraíba no Índice Firjan

Entre as cinco Prefeituras da Paraíba com os melhores índices está Pedra Branca, que conseguiu nota de 0, 60

Todo ano, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) publica um estudo de abrangência nacional com base em números públicos e oficiais sobre a gestão fiscal de cada uma das Prefeituras do Brasil: é o Índice Firjan de Gestão Fiscal, um ranque criado para mostrar as melhores e piores gestões municipais do país e estabelecido em notas de 0 a 1.

São quatro categorias definidas de acordo com as pontuações: de 0,8 a 1,0 a gestão é considerada Excelente; de 0, 6 a 0,8 recebe o título de Boa Gestão; de 0, 4 a 0,6 gestão com Dificuldade; e de 0, 4 a 0,0 Gestão Crítica.

O índice de 2019, que corresponde a estudos realizados com números do ano passado, foca quatro áreas da gestão pública municipal: Autonomia, que é a capacidade do município de conseguir receita a partir de sua própria atividade econômica; Pagamento de Pessoal, que é quanto a Prefeitura gasta com o pagamento da folha de pessoal; Liquidez, que é a condição de pagamento de suas despesas correntes; e Investimento, que diz respeito à capacidade da gestão de investir em obras e projetos para a população.

Entre as cinco Prefeituras da Paraíba com os melhores índices está Pedra Branca, que conseguiu nota de 0, 60, índice que corresponde à categoria de Boa Gestão Fiscal, conforme o estudo da Firjan. Pedra Branca superou até grandes municípios do Vale: a nota de Itaporanga, por exemplo, foi de apenas 0, 29; enquanto a de Conceição foi de 0, 24. A de Piancó chegou a 0,32. Notas que deixam esses municípios na categoria Gestão Crítica.

As piores notas do Vale foram as dos municípios de Diamante, que apresentou índice de 0,06; e Santana dos Garrotes, com apenas 0,08.

Fonte Folha do Vale

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.