Acusado de matar radialista a pauladas em Itaporanga passará por audiência de instrução e julgamento na segunda

A polícia acredita que o crime foi praticado com barrote de madeira. Cícero Brasilino está preso desde 30 de agosto

(Familiares pedem justiça)

A Justiça da Comarca de Itaporanga (PB), realizará nesta segunda-feira, 14 de outubro, a Audiência de Instrução e Julgamento do réu preso, Cícero Brasilino de Sousa, acusado de ter assassinado por espancamento, o radialista Denisvaldo Mendes Pacheco, de 37 anos de idade.

O juiz Antônio Eugênio é quem vai realizar a audiência juntamente com o Ministério Público. Ele está substituindo a juíza titular da 1ª Vara.

Segundo informações colhidas pelo Portal DiamanteOnline, o Fórum Juiz João Espínola Neto terá um forte esquema de segurança montado, para evitar tumultos ou qualquer outro problema que venha a acontecer em decorrência da revolta popular com relação ao caso.

A audiência deverá ser longa, contando com interrogatórios e ouvindo relatos de testemunhas.

(Acusado do crime)

Cícero Brasilino está preso na Cadeia Pública de Itaporanga desde o dia 30 de agosto desse ano. Ele é o principal suspeito do crime de homicídio, que vitimou Denisvaldo Mendes Pacheco, de 37 anos de idade. O corpo da vítima foi encontrado na noite da quinta-feira (29) em uma estrada vicinal na saída de Itaporanga para São José de Caiana (PB).

De acordo com informações do delegado, Renato Leite, durante as investigações da Polícia Civil ouviu alguns parentes da vítima e descobriu que a vítima e suspeito mantinham um relacionamento amoroso, que havia terminado uma semana antes do crime.

(Radialista assassinado brutalmente)

A polícia acredita que o crime foi praticado com barrote de madeira.

Na Audiência de Custodia do acusado, dezenas de amigos e familiares estiveram pedindo por justiça na frente do fórum em Itaporanga.

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.