Couto sai em defesa da aliança do PT com João e sentencia: “Não é hora de romper”

A manifestação do secretário se deu através de um vídeo gravado e publicado na internet nesse fim de semana.

“Não é hora de romper. É hora de se unir.” A declaração foi dada pelo ex-deputado federal e atual secretário da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido do governo do Estado Luiz Couto (PT) ao quebrar o silêncio sobre o imbróglio envolvendo a manutenção do apoio de seu partido ao Governo João Azevêdo.

A manifestação do secretário se deu através de um vídeo gravado e publicado na internet nesse fim de semana.

Para ele, o PT não pode se isolar, mas sim unir forças para que o partido possa trabalhar na perspectiva de que a Paraíba continue assegurando para o seu povo a sua dignidade e qualidade de vida que merece. “O PT não é dono de ninguém. Ele é uma obra construída por toda ação dos seus dirigentes, mas principalmente pela sua militância. Por isso, convido a todos para que no dia 7, nós votemos pela rejeição dessa proposta de rompimento do PT com o governo João Azevedo”, disse.

Couto lembrou ainda que o Partido dos Trabalhadores foi responsável pela promoção e votação que teve João Azevedo e onde esteve presente ainda o PPS, que agora é o Cidadania. Por isso, disse que é preciso estar antenado e refutar a pecha de que o governador é bolsonarista.

“João e os demais governadores estão apenas trabalhando para que o Nordeste possa crescer porque se depender do governo federal, nada virá e nesse sentindo não tem nada disso ou que ele não esteja cumprindo aquilo que disse que cumpriria no plano de trabalho colocado para a sociedade e que agora está implementando”, ressaltou.

Couto acredita também que é necessário que o PT continue com a Secretaria da Agricultura Familiar, pasta que ele ocupa, e que agora está organizada e desenvolvendo diversas ações.

Fonte PBAgora

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.