Repasse do FPM para os município paraibanos é 16,24% menor do que em outubro de 2016

A estimativa de redução é da CNM, que prevê transferência de R$ 22.083.707,93, contra os R$ 26.364.035,07 feito em outubro do ano passado

O segundo repasse do Fundo de participação dos Municípios (FPM) do mês de outubro, que chega às contas das prefeituras municipais da Paraíba nesta sexta-feira (20) será 16,24% menor do que o valor repassado em 2016, considerando os efeitos da inflação.

A estimativa de redução é da Confederação Nacional de Municípios (CNM), que prevê transferência de R$ 22.083.707,93, contra os R$ 26.364.035,07 feito em outubro do ano passado para a Paraíba.

Ainda de acordo com a CNM, a capital paraibana é a mais atingida com uma redução de 31,84%. No segundo decênio de 2016, a prefeitura abocanhou R$ 3.979.806,49 contra R$2.712.595,64 deste decênio.

Inflação

Ainda segundo dados da Confederação, ao considerar os efeitos da inflação, o FPM de 2017 apresenta crescimento de 5,89% em relação ao mesmo período do ano anterior. “Percebe-se que, por conta da sazonalidade do Fundo registrada no segundo semestre do ano, os repasses são de fato menores em relação ao primeiro semestre”, explica a CNM.

A estimativa da Secretária do Tesouro Nacional (STN) para o Fundo dos Municípios é retração de 7,53%, em relação a outubro do ano passado. Para a CNM, essa previsão deve ser considerada pelos gestores municipais. Cautela ao gerir os recursos, uma vez que o Fundo pode apresentar novas reduções, ainda é o conselho da Confederação aos prefeitos.

Com informações da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.