Câmara de Diamante vai apreciar denúncia de nepotismo contra prefeita interina

As denúncias partiram de dois populares e foram protocoladas na secretaria da Câmara recentemente.

A Sessão Ordinária do sábado, 31 de agosto, na Câmara Municipal de Diamante (PB), vai ser mais que polêmica. É que a presidência da Casa, levará ao plenário, duas denúncias contra a prefeita interina, Clarice Melo, que trata sobre suposta prática de nepotismo cometido pela gestora. Um parecer, feito por uma das comissões dos vereadores ainda será emitido, daí a prefeita interina deverá ser convocada para apresentar a sua defesa. 

As denúncias partiram de dois populares e foram protocoladas na secretaria da Câmara recentemente.

Clarice Melo assumiu a prefeitura de forma interina por 180 dias, após o afastamento da Prefeita Carmelita Mangueira em junho desse ano.

O presidente da Câmara, Vereador Adriano Santos Bernardino, disse em suas redes sociais que será proposta uma comissão processante para apurar as denúncias e conta com maioria dos vereadores, acreditando na aprovação da mesma. As denúncias também deverão ser entregues pela Câmara, ao Ministério Público Estadual, para que possam ser acompanhadas pelo órgão ministerial. Tudo deverá term um desfecho nos meses de setembro e outubro ainda desse ano

Se comprovada a prática ilegal de nepotismo, a Câmara deverá também iniciar um processo de impeachment contra a gestora, que poderá ser afastada do cargo com a aprovação em 2/3 dos votos dos vereadores.

Desde que assumiu a cadeira, Clarice Melo vem administrando o município tentando acertar em suas ações. Ela também é tida como pré-candidata a reeleição pelo PTB e já trabalha a parte política nos bastidores. 

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.