Gasolina comum apresenta alta superior a 4% em Patos, revela pesquisa do Procon

De acordo com os dados da pesquisa, a gasolina comum, com pagamento à vista em espécie, está sendo comercializada num valor que varia entre R$6,39 a R$6,60.

Considerando a atual oscilação de preços, bem como buscando manter o consumidor patoense sempre informado, o PROCON Patos realizou nesta quinta-feira (25) mais uma pesquisa de preço nos postos de combustíveis. Os dados foram colhidos em 26 estabelecimentos, distribuídos pelos bairros da cidade e no Distrito de Santa Gertrudes.

Foram levantados os preços no varejo da gasolina (comum e aditivada), etanol, diesel (comum e S10) e gás natural, nas modalidades de venda à vista e nas transações em débito e crédito.

De acordo com os dados da pesquisa, a gasolina comum, com pagamento à vista em espécie, está sendo comercializada num valor que varia entre R$6,39 a R$6,60. Tais dados revelam mais uma alta no valor do produto, desta vez superior a 4%, se comparado à pesquisa do mês de outubro, onde o litro da gasolina comum no pagamento à vista era vendido por R$6,14.

Ainda de acordo com a pesquisa, no débito, a gasolina comum custa entre R$6,39 e R$6,74; e com o pagamento no cartão de crédito, o valor desse mesmo produto fica entre R$6,46 a R$6,97.

Já a gasolina aditivada, com pagamento à vista em espécie e no débito, o valor encontrado foi entre R$6,47 a R$6,99 também apresentando uma alta de 3% no seu valor. No pagamento com cartão de crédito o valor fica entre R$6,49 e R$6,89.

Os dados demonstram ainda a variação do litro do etanol, que à vista no dinheiro ou no débito, oscila entre R$5,06 e R$5,42 e a prazo, no cartão de crédito, varia entre R$5,06 a R$5,63.

O diesel comum no pagamento à vista e no débito vai de R$5,24 a R$5,86; e com o pagamento no crédito os valores vão de R$5,35 a R$5,99.

O Diesel S10 no pagamento à vista em espécie e no débito fica entre R$5,47 a R$6,02. Sendo o combustível que apresentou a maior alta, tendo aumentado quase 10% com relação à última pesquisa divulgada em outubro, onde o mesmo litro era vendido a R$4,99. Já no crédito, o litro do S10 fica de R$5,47 a R$6,05.

Por último, o gás natural também sofreu aumento superior a 4%, passando a custar R$4,99 e sendo encontrado em um único estabelecimento. Esse valor é independente da forma de pagamento.

 

A tribuna do sertão

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.