Petrobras convoca acionistas para definir conselho administrativo

Dos 11, oito serão substituídos; governo insiste em indicar todos.

A Petrobras marcou para o dia 19 de agosto uma assembleia geral, convocando acionistas a eleger novos membros do Conselho de Administração. A reunião será on-line. Além do presidente, oito conselheiros serão escolhidos. No total são 11. Três membros atuais não poderão ser substituídos, como ainda manda a lei das estatais.

Como de praxe, os conselheiros receberam indicações dos acionistas. O principal deles é o governo federal, que propôs oito. Em uma reunião anterior, no dia 18 de julho, dois foram confirmados: Márcio Weber e Ruy Schneider. Outros dois foram rejeitados. Mesmo assim, o presidente da república, Jair Bolsonaro, insistiu em enviar os currículos para apreciação dos outros acionistas no próximo encontro.

Os nomes negados pelos conselheiros são Jônathas Castro, secretário-executivo da Casa Civil, e Ricardo Soriano de Alencar, procurador-geral da Fazenda Nacional.

Ambos foram considerados inelegíveis, justamente, por terem ligação com o Palácio do Planalto, o que poderia favorecer o maior acionista e gerar conflitos de interesses entre os investidores.

SBT News

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.