Delegado dá detalhes sobre prisão de ibiarense, 20 anos após crime político

Aurecir é o principal suspeito de matar, há vinte anos, na cidade de Ibiara, Edgar Figueiredo.

Mais uma vez o trabalho do Juiz da Comarca de Conceição, Antonio Eugênio, em conjunto com o Delegado Regional do Vale do Piancó, Glauber Fontes, obteve êxito. O ibiarense, Aurecir Xavier Laurentino (59), foi preso, sob um Mandado de Prisão, expedido no dia 19 de maio do ano de 2014 pelo juiz e cumprido pela polícia civil da Paraíba, em conjunto com a polícia civil do Estado do Ceará. A prisão ocorreu, na última semana, na cidade de Banabuiú, localizada a 225 km de Fortaleza.

Ao Portal Vale do Piancó Notícias o delegado Glauber Fontes disse que, durante o curso das investigações para localizar o paradeiro do acusado, uma denúncia, através do 197, informou que ele se encontrava na cidade de Banabuiú-CE. Depois de checar a informação, a polícia civil da Paraíba, em conjunto com a polícia civil do Ceará, efetuou a prisão do ibiarense.

Ainda de acordo com informações do delegado, uma equipe de agentes da polícia civil da Paraíba já se deslocou até a cidade de Fortaleza, onde Aurecir se econtra preso, para recambiá-lo para a cidade de Cajazeiras, onde ele ficará à disposição da Justiça de Conceição.

Aurecir é o principal suspeito de matar, há vinte anos, na cidade de Ibiara, Edgar Figueiredo. Ele estava morando perto de uma lagoa e vendia peixes e usava um nome falso para não ser encontrado: Joaquim Mangueira Neto.

Edgar era adversário político do primo de Aureci, José Ivan Mangueira, na época, presidente da Câmara daquele município. O crime gerou repercussão na época em que ocorreu. Ivan foi morto depois, em represália pela morte de Edgar.

Fonte Vale do Piancó Notícias

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.