Presos em JP por pedofilia possuíam mais de 500 fotos e vídeos de crianças de 3 a 12 anos

A operação contou com a participação de dez policiais federais, sendo realizado o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão

A Polícia Federal prendeu em flagrante dois homens, de 21 e 32 anos, na manhã desta quinta-feira (14) em diferentes bairros de João Pessoa. Os acusados, que ainda não possuíam passagens pela polícia, detinham em seus computadores e celulares mais de quinhentos vídeos e fotos de crianças de três a doze anos. Os detidos estão na PF e passarão por audiência de custódia na próxima quinta-feira. Vítor Soares (foto), Delegado Regional de Combate ao Crime Organizado concedeu entrevista coletiva na Sede da PF.

As investigações da operação, intitulada Salva Guarda, estavam ocorrendo há cerca de oito meses e outras ações devem ser realizadas ainda no primeiro semestre de 2019. Salva Guarda significa proteção conferida por instituição. Apesar de já estarem presos por posse e disseminação de material pornográfico, os homens com continuam sendo investigados e podem responder em liberdade. Somadas, as penas poderão chegar a dez anos de reclusão.

A operação contou com a participação de dez policiais federais, sendo realizado o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados, que culminou com a prisão em flagrante de uma pessoa.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.