No WhatsApp: Grupo Filhos de Diamante nasce com o propósito de debater idéias e propostas

Para participar do grupo o interessado basta adicionar o número do administrador do grupo (83) 98705-4336

A presença de pessoas cada vez mais nas redes sociais tem sido uma rotina, seja para promoção do marketing pessoal, seja para ações concretas de cidadania, entre outras demandas de interesses múltiplos. Nas diversas plataformas elas se manifestam de várias maneiras, quer seja através de mensagens, fotos e vídeos.

Atento a essas novas manifestações na web, o jornalista Hélder Loureiro Pegado criou, no WhatsApp, o grupo denominado Filhos de Diamante, cuja proposta, além do compartilhamento de notícias e outros conteúdos através do mensageiro instantâneo, se propõe, acima de tudo, em promover um debate sério e propositivo sobre o dia-a-dia do município de Diamante, com a participação de seus moradores e de seus filhos que residem em outras cidades do país.

“Nossa proposta é pensar a cidade, o cotidiano dos seus moradores, discutindo seus problemas e apresentando propostas consistentes no campo das políticas públicas, no sentido de melhorar os indicadores sócio-econômicos, sociais, culturais e educacionais, numa perspectiva da melhoria dos níveis de vida de todos os que habitam o município. Aberto a contribuições múltiplas, não tem destaque para lideranças individuais, nem direcionamento político-partidário ou privilégio de grupos específicos”, definiu o idealizador do grupo.

O Grupo Filhos de Diamante como sendo um espaço plural para participação, debate e troca de ideias respeita todo tipo de opinião, fundamentado no princípio do contraditório; contudo, a ética e o respeito mútuo entre os participantes serão essenciais para que esta convivência seja produtiva e saudável, contribuindo, efetivamente, para a elevação e qualificação do debate, disse Hélder Loureiro.

Como moderador e administrador do grupo Hélder Loureiro acredita na liberdade de expressão como ferramenta indispensável para o exercício livre do pensamento e da opinião. Nessa lógica, adverte “oferecemos esse espaço - que é rico - para troca de ideias e quiçá, acolhimento de propostas viáveis para o desenvolvimento de nossa pequena cidade de Diamante. Em contrapartida, as pessoas que dele participam devem se manifestar com responsabilidade e respeito às leis brasileiras”.

Para participar do grupo o interessado basta adicionar o número do administrador do grupo (83) 98705-4336 ao seu WhatsApp pessoal que, em seguida será convidado para participar da sala de conversas online. Ao participar do grupo cada integrante fica subordinado a seguir algumas normas de conduta e convivência, as quais devem ser observadas rigorosamente. Conheça-as a seguir: 1. Textos abusivos, nocivos, obscenos, profanos e ameaçadores não serão permitidos; 2. Não serão aceitas palavras que venham a difamar qualquer pessoa ou instituição, capaz de ferir sua reputação; 3. Não será permitida a exposição da vida pessoal de nenhum dos seus participantes, nem muito menos de qualquer cidadão do convívio da sociedade diamantense; 4. Não serão aceitos atitudes e gestos discriminatórios de credo, raça, condição social ou orientação sexual - quer seja em textos, áudios e vídeos; 5. As conseqüências por infração a estas regras será a exclusão do participante do grupo, com prévia advertência.

Contribuir com o debate, sempre respeitando o conterrâneo é a regra fundamental do Grupo Filhos de Diamante: que as motivações políticas e/ou pessoais não venham a interferir no aprofundamento das questões cruciais que atingem nossa cidade e município. A proposta do grupo é o debate de ideias, acatamento de sugestões e propostas.

Nossa missão maior no Grupo Filhos de Diamante será sempre o exercício da cidadania, de modo ativo e responsável, respeitando os direitos e deveres dos cidadãos. Queremos, igualmente, acompanhar a atuação do poder público, relativa à sua responsabilidade e competência para com a gestão pública, propondo políticas públicas para todas as áreas, numa perspectiva de vermos nossa cidade desenvolvida e respeitada, finaliza Hélder Loureiro.

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.