Réu acusado de matar garoto de 14 anos em Itaporanga é condenado pelo júri

Ele foi acusado e sentenciado pela morte de um adolescente, Nathan Nogueira da Silva, então com 14 anos.

O Tribunal do Júri da comarca de Itaporanga julgou nessa terça-feira, 20, o réu Lucas de Araújo Lucena, conhecido como Bodão, que foi condenado a 16 anos de reclusão por homicídio e vai continuar recolhido à cadeia local.

Ele foi acusado e sentenciado pela morte de um adolescente, Nathan Nogueira da Silva, então com 14 anos. O assassinato a tiros ocorreu em fevereiro de 2017, nas margens do rio Piancó, entre a cidade e o conjunto Chagas Soares.

(Imagem da vítima)

A sessão do júri foi presidida pela juíza Hyanara Torres, enquanto quem autuou na acusação foi o promotor Reynaldo Filho. Já nesta quarta-feira, 21, vai a júri Cícero Pereira da Silva, conhecido como Cigano, que também é réu preso. Ele é acusado de matar a facadas Roberval Pereira da Silva, então com 37 anos, em um barraco na Rua João Firmino Gomes, centro de Itaporanga, em novembro de 2016

Fonte Folha do Vale

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.