Vereadores formam comissão para apurar suposto caso de nepotismo na atual gestão de Diamante

O trio foi encarregado de dar início aos trabalhos e realizar a apuração necessária.

Foi escolhida durante a sessão desse sábado (10) a comissão de vereadores para abrir um procedimento para apurar o suposto caso de nepotismo envolvendo a atual gestão da cidade de Diamante, no Vale do Piancó.

A escolha se deu por meio de sorteio. Conforme a sessão, a comissão foi formada por três parlamentares-mirins, sendo eles: Edivan Bezerra (presidente), Detinho Marrocos e Toinho Zuza. O trio foi encarregado de dar início aos trabalhos e realizar a apuração necessária.

De acordo com o presidente da Câmara, Adriano Santos Bernardino (Mancha), a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (Ccrimp) já abriu um procedimento para investigar o caso, e a Casa poderá pedir o afastamento dela “pelo ato de improbidade administrativa”. 

Fonte BV Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.