Ex-governador Ricardo Coutinho relembra como conheceu Bugary, líder quilombola de Diamante

Perdemos Seu Antônio, querido companheiro e uma grande liderança do Quilombo Barra de Oitis.

Ao tomar conhecimento da morte do diamantense líder comunitário quilombola Antônio Delfino de Lima, "Bugary", o ex-governador do estado da Paraíba, Ricardo Coutinho, relembrou, em seu facebook, como conheceu ele, durante Plenária do Orçamento Democrático Estadual em Itaporanga.

Leia:

Perdemos Seu Antônio, querido companheiro e uma grande liderança do Quilombo Barra de Oitis. Nos conhecemos numa das primeiras plenárias do Orçamento Democrático, em 2012, em Itaporanga. Fretou um caminhão e foram em grande quantidade à plenária popular reivindicar o conserto da bomba do poço da comunidade. Imagine só como era difícil para o povo ter o básico quando chegamos ao governo da PB. Seu Antônio falou na Plenária do OD e eu disse a eles que no dia seguinte eu iria lá na comunidade rural. Acho que não acreditaram que um governador iria no Quilombo deles. No outro dia, fui bater lá. Resolvi que a questão não era só a bomba. Mandei aprofundar o poço, trocar a bomba e, principalmente, implantar toda a rede de distribuição de água colocando o encanamento em toda a comunidade que tinha umas 300 famílias. Bom foi a inauguração. A novidade era água na torneira em todas as casas em pleno século 21. Fizeram um almoço coletivo e eu pude aprender mais da história do nosso povo a tarde inteira. Seu Antônio Delfino era a respeitável liderança do Quilombo. Todas as vezes que eu ia ao Vale do Piancó, seja nas plenárias anuais do Orçamento Democrático, seja nas inúmeras e frequentes inaugurações que tinha na região, seu Antônio dava um jeito de aparecer e me levar, e receber, um abraço cheio de fraternidade. Não é fácil a formação espontânea de uma liderança popular nas condições de vivência do nosso povo mas existem muitos espalhados por esse Brasil tão anti-popular. Seu Antônio era uma dessas figuras. Quando soube agora do seu falecimento senti uma tristeza silenciosa e respeitosa. Meus sentimentos ao Quilombo Barra de Oitis, em Diamante-PB.

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.