Liga dos Campeões volta hoje com Neymar e Messi

Fase de grupos começa com reencontro entre PSG x Manchester United.

A Liga dos Campeões está de volta! Desta vez a quarentena foi bem menor do que de costume desde o título do Bayern em 23 de agosto, mas suficiente para deixar os fãs de futebol com saudades. E não tem problema se você não estiver familiarizado com os novos grupos, times e craques: nós separamos cinco atrações para você ficar de olho na rodada de abertura, nesta terça-feira.

Primeiro, vamos aos oito jogos do dia:

Grupo E

16h – Rennes x Krasnodar
16h – Chelsea x Sevilla
Grupo F

13h55 – Zenit x Club Brugge
16h – Lazio x Borussia Dortmund
Grupo G

13h55 – Dínamo de Kiev x Juventus (Tempo Real do ge)
16h – Barcelona x Ferencváros (Tempo Real do ge)
Grupo H

16h – PSG x Manchester United (Tempo Real do ge)
16h – RB Leipzig x Istanbul Basaksehir
Neymar estará em campo. Messi, ao que tudo indica, também. E tem mais:

Pirlo estreia contra um velho conhecido
Em 1995, quando tinha apenas 16 anos, Andrea Pirlo estreou profissionalmente como meio-campista do Brescia sob o comando de Mircea Lucescu. O romeno passou cinco temporadas no clube italiano durante os anos 90 e agora reencontra o pupilo, 36 anos mais novo, no banco de reservas do Estádio Olímpico de Kiev.

– Ainda nos falamos, sempre serei grato a ele. Será uma boa oportunidade para desafiá-lo – disse o italiano em sua primeira entrevista coletiva de Champions.

– Pirlo era incrível, maduro. Maduro como está agora. Lembro-me de ir a Viareggio assistir a um jogo e voltar para casa no carro com ele. Tivemos tempo para conversar durante duas horas. Percebi que era um jovem muito sensato. Além de ser um jogador criativo, organizava tudo, o que é mais uma qualidade. Isso o ajudou muito a se tornar o que é hoje, o treinador de uma equipe maravilhosa como a Juventus. Espero que ele tenha uma excelente carreira como treinador – retribuiu Lucescu em entrevista à Uefa.

A Juventus vem de empate decepcionante com o Crotone pelo Campeonato Italiano e não terá Cristiano Ronaldo, ausente por ainda se recuperar do coronavírus.

Prováveis escalações:

Dínamo de Kiev: Bushchan, Kedziora, Zabarnyi, Popov, Mykolenko; Sydorchuk, Shaparenko; Tsygankov, Buyalskiy, De Pena; Supryaha.
Juventus: Szczesny, Danilo, Bonucci, Chiellini; Cuadrado, Rabiot, Bentancur, Ramsey, Kulusevski; Morata e Dybala.
Será o fim da “seca” de Messi?
O craque argentino não faz um gol de bola rolando desde 8 de agosto, contra o Napoli, pelas oitavas da Champions. Desde então marcou duas vezes em sete jogos pelo Barcelona e sua seleção, mas ambos de pênalti.

Se ampliarmos o intervalo para a volta do futebol pós-quarentena, são sete gols (quatro de pênalti) em 19 partidas. Recuperar a forma técnica e a confiança antes do clássico contra o Real Madrid, no sábado, não seria nada mal.

Acho que o seu rendimento pode ser melhor, mas no dia a dia ele está feliz e treinando bem. Está concentrado, quer ser o capitão e jogar. Não tenho queixas. A bola pode entrar. Não tenho dúvidas sobre o seu desempenho – disse o técnico do Barça, Ronald Koeman.

O Barcelona está pressionado não apenas pelo desempenho da última temporada e a crise institucional, como também pela péssima atuação na derrota para o Getafe, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol. Tropeçar contra um dos times mais fracos de toda a Champions seria um desastre.

Prováveis escalações:

Barcelona: Neto, Dest, Piqué, Lenglet, Junior; Pjanic, De Jong, Messi, Coutinho, Ansu Fati; Griezmann.
Ferencváros: Dibusz, Lovrencsics, Blazic, Kovacevic, Civic; Sigér, Kharatin, Somália; Zubkov, Isael e Nguen.

Fonte Globo Esporte

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.