Campinense vence o Botafogo-PB conquista o Campeonato Paraibano

Com gol de Olávio, que terminou o campeonato como artilheiro da competição, a Raposa venceu o Belo.

É GLORIOSO, É DE DECISÃO!
Invicto! Foram 12 jogos, 10 vitórias e dois empates que levaram o Campinense rumo ao bicampeonato paraibano de futebol. Jogando com a vantagem do empate no lotado Estádio Amigão, a Raposa foi para cima, incomodou o Botafogo-PB e, com gol de Olávio, artilheiro do estadual com 11 gols marcados, venceu o Belo mais uma vez e ficou com a sua 22ª taça do estadual.

PRIMEIRO TEMPO!
Precisando do resultado, o Botafogo-PB tentou ir para cima para tentar fazer o resultado logo no início. No entanto, o Campinense soube administrar o resultado, colocar a bola no chão e, aos poucos, conseguiu segurar a pressão. Mais do que isso, impôs pressão ao Belo e, com Dione, em cobrança de falta, por muito pouco não abriu o placar. Do lado alvinegro, Alan Grafite incomodava, mas esbarrava na boa marcação raposeira, que levou a vantagem do empate para o intervalo e ficou a apenas 45 minutos do título estadual.

SEGUNDO TEMPO!
A segunda etapa começou com mudanças nos dois time e com o Botafogo-PB indo para cima para tentar o resultado. Os primeiros 15 minutos foram todos do Belo, que, com a entrada de Kesley, ganhou força no ataque e, logo aos cinco minutos da segunda etapa, fez com que os pessoenses tivessem a primeira grande chance de gol. Na jogada do camisa 11 pela ponta, a bola foi alçada na área, Michel Bennech falhou na cobertura e a bola sobrou limpa para Gustavo Coutinho, que, sozinho, encheu o pé e obrigou Mauro Iguatu a fazer uma defesa colossal.

Com o gol botafoguense evitado, o Campinense começou a administrar a posse de bola e se lançar ao ataque. O alívio veio, de fato, aos 23 minutos, quando a dupla Dione e Olávio, mais uma vez, apareceram e, após passe do camisa 10, o artilheiro do Campeonato Paraibano recebeu livre, ganhou no corpo de Alessandro e, com raiva, encheu o pé para estufar as redes do Belo. Após o gol, domínio total do Campinense, que seguiu administrando a posse de bola e forçando o alvinegro ao erro. Ao fim dos 50 minutos de jogo, melhor para o Campinense, que ergueu, diante de uma multidão de raposeiros, a sua 22ª conquista estadual.

QUEBRA DE UM JEJUM DE 46 ANOS!
O título invicto do Campinense quebrou um jejum de 46 anos no Campeonato Paraibano. A última vez que um time havia conquistado um título estadual sem perder nenhuma partida havia sido em 1976, quando o Botafogo-PB foi campeão paraibano com uma campanha de 19 jogos, 16 vitórias e um empate.

QUARTA TEM MAIS!
Campinense e Botafogo-PB voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, quando às 20h, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, as equipes medem forças pela rodada #7 da Série C do Campeonato Brasileiro.

G1 PB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.