MP apura se ex-presidente de Câmara emitiu cheque sem fundos na Paraíba

Segundo a denúncia, o cheque teria sido emitido de formal nominal

A promotora de Justiça, Andréa Bezerra Pequeno de Alustau, determinou a instauração de Procedimento Administrativo nº 065.2019.002849 para apurar suposta emissão de cheque sem provisão de fundos pelo então presidente da Câmara Municipal de Pilões, Edilson Mendes da Silva.

A medida foi publicada na edição dessa quarta-feira (25), do Diário Eletrônico do Ministério Público da Paraíba.

Segundo a denúncia, o cheque teria sido emitido de formal nominal a Fábio Lívio da Silva Mariano.

A publicação não traz detalhes de qual valor e o serviço teria sido contratado pelo ex-gestor para fazer jus ao pagamento questionado na denúncia.

 

Fonte Alexandre Freire

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.