OMS afirma que muitos países estão ignorando o que os números da Covid-19 mostram

OMS afirma que muitos países estão ignorando o que os números da Covid-19 mostram

A Organização Mundial da Saúde afirmou, nesta sexta-feira (3), que muitos países estão ignorando o que os números mostram e que as pessoas precisam acordar.

O diretor-executivo do programa de emergências, Mike Ryan, disse que tinha um recado para todos os países, ao ser questionado sobre a situação no México. "Entendemos que os países precisam retomar as economias, e que muitas pessoas precisam da renda do dia a dia. Mas não podemos ignorar o problema. Ele não vai desaparecer como num passe de mágica”, afirmou.

Na sequência, um jornalista brasileiro perguntou se o vírus ainda pode ser controlado no Brasil. O diretor-geral, Tedros Adhanom, deu o exemplo da Espanha e da Itália, que preocuparam o mundo inteiro. Afirmou que, nesses dois países, todos - começando pelos líderes políticos - se uniram e agiram corretamente e concluiu: “Nunca é tarde demais”.

O chefe de emergências complementou que os números se estabilizaram nos últimos dias no Brasil, mas isso não significa que eles vão baixar. Ele destacou o que chamou de trabalho incrível dos profissionais da saúde na linha de frente e das comunidades, até agora. Disse que espera que isso continue, porque são necessários ainda mais esforços e progressos no país. Finalizou dizendo que o sistema de saúde brasileiro tem conseguido lidar com uma longa batalha contra o novo coronavírus.

Sem falar especificamente de um país, a OMS ressaltou que cada indivíduo também tem responsabilidade, e que todos já deveriam saber o que fazer para se proteger contra a Covid-19 e, assim, evitar transmitir o vírus que pode levar uma pessoa mais vulnerável à morte.

Fonte Jornal Nacional

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.