Cesta básica fica mais cara e Dieese diz que salário mínimo deveria ser de R$ 5,3 mil

O valor corresponde a 4,86 vezes o piso nacional vigente, de R$ 1,1 mil.

Em maio, o custo médio da cesta básica ficou mais alto em 14 das 17 capitais brasileiras que são analisadas na Pesquisa Nacional da Cesta Básica, estudo divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em João Pessoa, a cesta foi encontrada por R$ 491,63.

Na análise, o Dieese considerou que o valor atual do salário mínimo deveria ser de R$ 5.351,11 para suprir as necessidades de uma família. O valor corresponde a 4,86 vezes o piso nacional vigente, de R$ 1,1 mil.

No mês passado, a cesta só ficou mais barata em Campo Grande (-1,92%) e Aracaju (-0,26%).

Agência Brasil

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.