Pandemia completa 1 ano e 10 meses na Paraíba com redução de mortes

Com o surgimento recente da variante, a Ômicron, espera-se aumento no número de casos nos próximos dias

Nesta terça-feira (18), se completam 1 ano e 10 meses do início da pandemia na Paraíba, com o primeiro registro do novo coronavírus no estado.

O primeiro caso suspeito do novo vírus no estado, causador da Covid-19, foi notificado no dia 26 de fevereiro de 2020. O primeiro caso confirmado do patógeno ocorreu no dia 18 de março de 2020, referente a um homem de 60 anos, residente no município de João Pessoa.

Com o surgimento recente de mais uma variante, a Ômicron, espera-se um aumento no número de casos nos próximos dias. No entanto, o estado apresentou uma redução de quase 90% no número de mortes em relação aos piores momentos da pandemia, graças à campanha de vacinação.

Sem dados completos
Desde dezembro, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) não divulga o número de paraibanos vacinados por conta de uma instabilidade nos sistemas do Ministério da Saúde, provocada pelo que a Pasta diz ter sido um ataque virtual.

Na última atualização do sistema, em dezembro do ano passado, a Paraíba havia aplicado 5.924.715 doses do imunizante.

No dia 29 de março de 2020, não houve alteração no número de casos com relação ao dia anterior. Número de vacinados diverge dos dados divulgados pelas Secretarias Municipais de Saúde porque o sistema está instável e é necessário um período para adequação desses registros. Dados do dia 18 de setembro de 2021 são referentes ao acumulado nos últimos sete dias dos casos leves do e-SUS Notifica, adicionados aos dados graves das últimas 24 horas do Sivep Gripe.

Portal Correio

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.