Executivo itaporanguense Nélio Tolentino, funcionário do Banco do Brasil, morre vítima de infarto

O corpo será transladado para Itaporanga onde ocorre o velório e, na tarde deste domingo, o sepultamento no Cemitério "Mãe de Misericórdia".

Faleceu na manhã deste sábado (24) em João Pessoa, vítima de infarto fulminante, o executivo itaporanguense Nélio Tolentino de Sousa Lemos (foto), mais conhecido como Nélio de Vitor. Ele estava jogando, como de costume, uma pelada de futebol na AABB com amigos e passou em determinando momento a sentir dores tendo um infarto fulminante. Foi levado de imediato ao Hospital da Unimed, mas já estava morto.

Nélio tinha 53 anos de idade é funcionário aposentado do Banco do Brasil, sua última atuação como Superintendente regional em Feira de Santana (Bahia). Mas gerenciou as agências em Ingá, Catolé do Rocha, Guarabira, Campina Grande e João Pessoa: as agências da Epitácio Pessoa e do bairro do Bessa.

De família muito conhecida em Itaporanga, era filho do saudoso Vitor (já falecido) e de dona Nita Tolentino. Como atleta jogou por muito tempo no time do São Pedro de Vitor, maior campeão do Poeirão de Itaporanga.

Assim como ele, os irmãos Zé Nilton (Oficial de Justiça), Cata (funcionário da Energisa) e Washington (Odontólogo) também jogadores do famoso time fundado pelo pai. Nélio, ainda, tinha quatro irmãs: Corrinha (Técnica de Enfermagem), Ninha, Iran e Aline.

Nélio era casado com Maria Edna Vicente e juntos tinham dois filhos, e um neto. O corpo será transladado para Itaporanga onde ocorre o velório e, na tarde deste domingo, o sepultamento no Cemitério "Mãe de Misericórdia".

Fonte Rpscom

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.