Contrariando recomendações, carreatas pedindo o fim do isolamento são convocadas na PB

São movimentos de direita que apoiam a campanha do Governo Federal​.

Contrariando todas as recomendações das entidades de saúde e do Governo do Estado de evitar aglomerações e manter o isolamento social, alguns grupos estão organizando carreatas para ocorrerem nesta sexta-feira (27), em Campina Grande, e no sábado (28), em João Pessoa.

São movimentos de direita que apoiam a campanha do Governo Federal chamada "O Brasil não pode parar", que defende a flexibilização do isolamento social, além de profissionais que se sentem prejudicados financeiramente com a situação do comércio e dos serviços parados.

O distanciamento social é o método mais recomendado por autoridades de saúde do mundo inteiro para reduzir a velocidade contágio do covid-19 e evitar que o sistema de saúde entre em colapso.

A defesa, por alguns grupos, do fim do isolamento, levou a médica de Campina Grande, Adriana Melo, a mesma que descobriu a relação entre o vírus da zica e a microcefalia, a opinar nas redes sociais: "Sugiro a quem for favorável acabar o isolamento social e abrir o comércio, assinar um termo dizendo que abre mão de um respirador, quando nós, profissionais de saúde, tivermos que escolher quem vai morrer ou viver", escreveu, acrescentando a hashtag "eu acredito na ciência"..

 

Fonte ClickPB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.