Paraíba volta a receber bombeamento da transposição

Segundo o presidente da Aesa, ainda não é possível dizer qual o volume de vazão que foi retomado, mas a expectativa é de que isso seja identificado até segunda.

As águas da transposição do São Francisco retornaram a Monteiro nesta quarta-feira (20), segundo o presidente da Agência Estadual de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Porfírio Loureiro. A retomada do bombeamento para o estado já havia sido prevista pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) no início deste mês.

Segundo o presidente da Aesa, Porfírio Loureiro, ainda não é possível dizer qual o volume de vazão que foi retomado, mas a expectativa é de que isso seja identificado até segunda-feira (25).

Ainda segundo o presidente da Aesa, assim que a vazão chegar a um volume razoável haverá recarga do açude de Poções, em Monteiro, que atualmente está em situação crítica, com apenas 2,55% de armazenamento.

“Assim que essa vazão atingir uma constante, Poções receberá recarga. Após isso, a recarga irá ser feita em Camalaú e depois será liberada água para Boqueirão”, disse Porfírio.

Problemas no bombeamento

Desde fevereiro, a Paraíba vem enfrentando interrupções no bombeamento da transposição do São Francisco. Em agosto, o MDR chegou a reiniciar o bombeamento, mas houve necessidade de paralisação por conta de um problema no reservatório de Cacimba Nova, em Sertânia, Pernambuco.

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.