Coren-PB apresenta impugnação contra dois concursos na PB e argumenta que salários são incompatíveis

Em ambos os casos a presidente solicitou aos gestores que façam a retificação dos editais, garantindo uma remuneração justa para os profissionais de enfermagem.

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) apresentou dois pedidos de impugnação de concursos públicos de Gurinhém e de Pirpirituba, no último dia 21. Esses certames apresentam remunerações incondizentes com as atividades dos profissionais de Enfermagem, segundo aponta o órgão.

A presidente do Coren, Renata Ramalho, considera que "é preciso que os gestores compreendam que enfermeiras e enfermeiros assumem cada dia mais um papel de protagonismo na identificação das necessidades de cuidado da população, bem como na promoção e proteção da saúde dos indivíduos”. “Estes profissionais estão cuidando de vidas humanas e é preciso que as remunerações sejam compatíveis com o trabalho que é feito".

No município de Gurinhém o Edital nº 001/2019 estipula o salário de R$ 980,00 para Técnicos de Enfermagem. Já o Código de Ética da profissão diz, no Art. 62º, seção IV, que todo profissional deve "receber salários ou honorários compatíveis com o nível de formação profissional, jornada de trabalho, a complexidade das ações e responsabilidade pelo exercício profissional". Para a presidente, Renata Ramalho, o salário oferecido pelo Executivo municipal "desvaloriza a profissão de Técnico de Enfermagem e não condiz com o cargo".

Em Pirpirituba, o Edital do Concurso Público nº 001/2019 foi impugnado por apresentar remuneração rigorosamente igual para técnicos de enfermagem e enfermeiros, sendo a mesma de R$ 998,00. Em Ofício encaminhado a Prefeitura de Pirpirituba, o Coren-PB destaca a incompatibilidade dos salários iguais para cargos com exigências e qualificações diferentes, sendo um de nível médio e outro de nível superior.

Em ambos os casos a presidente solicitou aos gestores que façam a retificação dos editais, garantindo uma remuneração justa para os profissionais de enfermagem.

Diferenças entre profissões

Enfermeiro

O enfermeiro precisa ter realizado o bacharelado em Enfermagem, em uma graduação que dura cinco anos. O campo de atuação desse profissional é o mais amplo.

Ele atua em todos os níveis de atendimento, inclusive nos casos de maior complexidade e gravidade clínica. É o enfermeiro, ao lado do médico, quem presta os cuidados  necessários ao paciente. Ele está capacitado para tomar decisões imediatas nessas situações de emergência. Também trabalha como responsável para organização e direção dos serviços de Enfermagem e supervisão de técnicos e auxiliares.

O profissional tem uma atuação ampla em diversas áreas: hospitais, unidades básicas de saúde, em empresas (como enfermeiro do trabalho), ambulatórios, creches, escolas entre outros.

Técnico em Enfermagem

O técnico de Enfermagem é um profissional com certificado profissionalizante que faz parte da equipe de Enfermagem. O curso técnico pode durar de três a quatro semestres. Atua em grau auxiliar de cuidados ao paciente, sempre com a supervisão do enfermeiro, que coordena as ações.

Ele é capacitado a fazer procedimentos de cuidados em pacientes em casos de média e alta complexidade. Atendimentos de pacientes em pré e pós-operatório são funções do técnico. Mas não está restrito a isso. Ele trabalha também em clínicas de tratamento intensivo e centros cirúrgicos. Se supervisionados pelo enfermeiro, pode atender casos mais graves nas instalações de saúde.

Auxiliar de Enfermagem

O auxiliar de Enfermagem trabalha com procedimentos mais simples em setores ambulatoriais. O curso tem duração média entre um ano e meio e dois anos. Atuam em diferentes ambientes de saúde executando ações de menor complexidade e de ordem repetitiva, também sob supervisão do enfermeiro.

É capacitado a higienizar pacientes, esterilizar equipamentos de trabalho, fazer curativos, aplicar vacinas e administrar medicamentos, sempre em casos com baixa gravidade.

Fonte ClickPB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.