Esquema de furto de energia elétrica é desmontado em 6 cidades da PB

Prejuízo chega a R$ 374 mil

Casos de furto de energia elétrica foram identificados em ações da Polícia Civil, nesta semana, em seis cidades da Paraíba. Uma rede clandestina de transformadores, que fornecia energia para mais de 20 unidades irregulares, foi desmontada, assim como, desvios para fazendas e lojas de diversos bairros de João Pessoa.

Ainda foram identificadas irregularidades em residências e comércios de Sousa, Patos, Campina Grande, Quixaba e Caaporã.

De acordo com a Energisa, 2.457 unidades foram vistoriados, entre residências e comércios, com identificação de mais de 100 ligações clandestinas e 255 fraudes de energia.

Houve recuperação de R$ 374 mil, sendo R$ 102 mil em ICMS, e 432.239 de quilowatt-hora de energia. Esse montante seria suficiente para abastecer 2.881 residências por um período de um mês.

Os resposáveis pelas ligações e fraudes foram autuados e podem responder a processos criminais, com possibilidade de prisão.

As ações contaram com 64 equipes, formadas por técnicos da Energisa, da Polícia Civil e do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Denúncias

Caso suspeite desse tipo de prática, o cliente pode denunciar de forma anônima. A denúncia pode ser feita pelo Call Center 0800 083 0196 (ligação gratuita), em uma das agências de atendimento, na Gisa (opção 15), ou no site da Energisa, pelo link: https://energisa.com.br/paginas/servicos-online/autoatendimento/denuncie-furto-de-energia.aspx.

Portalt5

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.