Homem é assassinado com vários tiros no interior de um bar, em Mauriti-CE

Logo após a prática do homicídio, os dois homens fugiram do local, sem deixar pistas.

Um homem, identificado como Francisco Moreira de Sousa, de 31 anos de idade, foi assassinado a tiros, no interior de um bar, localizado na rua João Simão Figueiredo, no Distrito de São Miguel, na cidade de Mauriti-CE. O crime ocorreu, por volta das 15:30h, deste domingo (17).

De acordo com informações do Tenente Alcebíades Brasil, comandante do Destacamento da Polícia Militar de Mauriti, a vítima se encontrava bebendo no interior do bar, quando foi surpreendida por dois homens, que chegaram no local em uma moto, estacionaram o veículo, entraram no estabelecimento comercial e efetuaram vários disparos contra ela, que morreu no local.

Logo após a prática do homicídio, os dois homens fugiram do local, sem deixar pistas.

Uma guarnição do Destacamento de Mauriti saiu em diligências, mas até o fechamento desta reportagem ninguém havia sido preso.

Este é o terceiro homicídio, registrado no município de Mauriti, somente neste ano de 2019, todos praticados de forma brutal.

Outros crimes de homicídio

No dia 24 de janeiro, um homem, identificado como Cicero José dos Santos, 32 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo, na rua Nova, em Palestina Distrito de Mauriti-CE. Ele morava na Rua João Paulo II perto do cemitério daquele distrito.

Por volta das 23h30min do dia 18 de janeiro, na estrada vicinal do Sítio Alto Vermelho (Distrito de Buritizinho) o agricultor Arnaldo Inácio Pimenta de Oliveira, de 22 anos, que morava no Sítio Cipó daquele distrito, terminou executado a tiros. Ele retornava com um amigo da festa em louvor a São Sebastião numa localidade próxima batizada com o próprio nome do Santo, quando foi assassinado. O rapaz pilotava sua moto Yamaha YBR 125 de cor prata e placa HGD-7846, inscrição de Uberlândia (MG) quando a corrente do veículo quebrou. A vítima levava na garupa da motocicleta o seu amigo Sérgio de Sá Barbosa, de 29 anos, que passou a iluminar o trecho com o seu aparelho celular. Segundo ele, de repente chegaram dois homens em outra moto da qual nem desceram e, sem qualquer discussão, já foram logo atirando em Arnaldo num caso de execução sumária. 

Em nenhum dos crimes houve prisão dos autores dos crimes.

Fonte Vale do Piancó Notícias

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.