Morador de rua que foi queimado em Itaporanga não resiste e morre

Ele estava a oito dias internado no Hospital de Trauma e Emergência de Campina Grande.

Morreu na manhã desta quarta-feira (11) o morador de rua Júnior de Damiana de Maga, de 35 anos, que foi queimado enquanto dormia em um quiosque na rodoviária da cidade de Itaporanga, região do Vale do Piancó. A morte foi confirmada por familiares da vítima. 

No dia do ocorrido, ele chegou a ser socorrido pelo SAMU e levado ao hospital local, mas teve que ser transferido para o Hospital de Trauma e Emergência de Campina Grande, onde ficou internado por oito dias, não resistindo e vindo a óbito. Conforme a equipe médica, Júnior teve 55% do corpo queimado pelas chamas, que atingiram a cabeça e o corpo dele.

O suspeito de ter ateado o fogo foi José Pereira da Silva, mais conhecido como Taliba, de 58 anos, que já teve uma relação com a mãe da vítima. Ele foi preso por policiais militares, negou o crime, mas foi recolhido à Cadeia Pública. 

O  corpo de Júnior poderá chegar ainda na madrugada de hoje a Itaporanga para a realização do sepultamento. Ele era solteiro e não deixa filhos. 

Fonte Diamante Online

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.