Polícia prende suspeito de mandar matar irmão da prefeita de Diamante

As investigações terão continuidade para identificar e localizar outros três envolvidos no crime

Um homem suspeito de ser o mandante de um homicídio foi preso na manhã desta quinta-feira (2) durante ação da Polícia Civil. O fato ocorreu na cidade de Conceição, no interior da Paraíba, a 470 quilômetros de João Pessoa. Ele teve a prisão preventiva decretada após investigações policiais apontarem indícios da participação dele na morte de Francisco de Assis Vieira de Lucena, irmão da Prefeita da cidade de Diamante (PB). Ele foi assassinado no dia 15 deste mês, com disparos de arma de fogo.

O crime ocorreu no município de Santa Inês (PB), que integra a região de Conceição e causou comoção no local. Francisco foi vereador em Diamante e era irmão de Carmelita de Lucena, atual prefeita de Diamante (PB), cidade vizinha ao local que ocorreu o delito. Segundo as investigações, a vítima possuía desavenças com um o homem apontado como mandante do crime.

Os policiais ainda apreenderam uma arma de fogo, tipo espingarda, e quatro aparelhos celulares que serão periciados para constatar se foram usados no crime.

Durante a ação, um segundo homem também foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo, mas foi liberado após pagamento de fiança.

As investigações terão continuidade para identificar e localizar outros três envolvidos no crime, incluindo os dois executores.

A Polícia Civil ressalta que a população pode auxiliar com as investigações por meio do Disque 197. Qualquer informação sobre o caso pode ser repassada pelo telefone de forma anônima e sigilosa.

Leia também:

Ex-vereador irmão da prefeita de Diamante é assassinado com vários disparos, em emboscada

Fonte Assessoria

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.