Ciro Gomes abre portas do PDT para João: ‘Honraria o partido’

Depois de Marina Silva (Rede), mais um ex-presidenciável manifestou interesse de contar com o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), em seu partido. Agora foi a vez de Ciro Gomes, do PDT.

Depois de Marina Silva (Rede), mais um ex-presidenciável manifestou interesse de contar com o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), em seu partido. Agora foi a vez de Ciro Gomes, do PDT.

Em agenda em Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, na noite desta segunda-feira (18), Ciro abriu as portas do PDT para Azevêdo.

“João Azevêdo era o braço direito dessa grande virada que a Paraíba experimentou com Ricardo Coutinho. É um quadro que honraria qualquer partido e nós do PDT ficaríamos honrados”, afirmou em entrevista ao jornalista Zé Neto, do Diário do Sertão.

O ex-governador do Ceará disse, porém, que cabe a vice-governadora Lígia Feliciano e o deputado federal Damião Feliciano conduzir uma eventual filiação de Azevêdo.

“Um homem da grandeza de Azevêdo não pode ser coagido, pressionado ou aliciado. Ele tem a responsabilidade de governar esse estado irmão, tem feito um grande trabalho, tenho acompanhado muito de perto. A Lígia e o Damião tem a capacidade de conduzir o diálogo juntamente com o [Carlos, presidente nacional do PDT] Lupi”, finalizou.

Em crise com o grupo político do ex-governador Ricardo Coutinho, João Azevêdo deve deixar o PSB até o fim do ano. Na última semana, o governador deixou a comissão provisória responsável por gerir o partido na Paraíba.

Fonte MaisPB

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.