Comandante da PM de Conceição suspende apreensão de motos com documentos atrasados

As fiscalizações e blitze irão continuar, mas apenas para averiguar se os veículos têm queixas de roubo ou algum tipo de ato ilícito.

Uma reunião realizada na manhã dessa terça-feira (14), na Câmara dos Vereadores de Conceição, entre os parlamentares mirins e o comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar, Capitão C. Lima, pôs fim ao rigor das fiscalizações de motocicletas com documentações atrasadas no município. Nos últimos dias, várias motos com esse tipo de irregularidade foram apreendidas, e a ‘cidade se encontrava um deserto. As medidas impostas pelo comandante militar tiveram uma ampla desaprovação popular, resultando na reunião com o Legislativo. 

De acordo com o comandante, a "Operação Impacto" teve como objetivo fazer averiguação de veículos com queixa de roubos e minimizar a possibilidade da prática de diversos outros crimes, realizados a partir da utilização dessas motos totalmente irregulares. Segundo ele, o objetivo nunca foi nem seria tomar o meio de transporte de pessoas trabalhadoras, que mesmo com documentações irregulares, precisam dos seus veículos para se locomoverem nas suas necessidades diárias.

No entanto, as fiscalizações e blitze irão continuar. Dessa forma, os proprietários que circularem com motociletas com emplacamentos irregulares poderão ser fiscalizados, e não tendo queixa de roubo e não sendo flagrado em desordem pública, comprovando assim o agente que é cidadão de bem, poderá circular livremente, mas os donos terão que andar com a documentação dos veículos, comprovando assim ser de sua propriedade.

 

Fonte Vale do Piancó Notícias

Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Diamante Online, não reflete a opinião deste Portal.